Creative Commons

Creative Commons - Produzir para o universo
Numa época em que se pretende o livre acesso ao conhecimento, é necessário perceber que tal só se alcança com um produção livre. Assim surge a licença internacional de direitos autorais Creative Commons que, sem perder os direitos de copyright, permite o livre acesso e distribuição de documentos bem como a sua utilização em trabalhos derivados desde que sejam concedidos os direitos de autoria original.
Esta licença surgiu no mundo académico mas já se espalhou a todas as áreas de produção e saber, tendo já uma dimensaõ mundial.
Os trabalhos publicados na Internet devem, por natureza, suportar este espírito pois o "sol quando nasce é para todos" ...ou ... e se alguém tivesse patenteado a roda?
Existem diversos tipos de licenças e podem ser integradas digitalmente em documentos PDF, músicas, vídeos, ou, por indicações textuais e inclusão de gráficos em sites ou em qualquer texto electrónico e em suporte papel. Actualmente os motores de busca como o Google e o Yahoo já permitem efectuar pesquisas apenas por documentos ao abrigo de licenças Creative Commons.

Um exemplo (a negrito) de um texto da licença by-nc-sa, que constitui a licença base para os artigos publicados neste blog:

  • Atribuição. (By - Você deve dar crédito ao autor original )
  • Uso Não-Comercial. (NC - Você não pode utilizar esta obra com finalidades comerciais.)
  • Compartilhamento pela mesma Licença. (SA - Se você alterar, transformar, ou criar outra obra com base nesta, somente poderá distribuir a obra resultante sob uma licença idêntica a esta.)

disponível em http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/2.0/

Condições adicionais:
Para cada novo uso ou distribuição, deve deixar claro para outros os termos da licença desta obra.
Qualquer uma destas condições podem ser renunciadas, desde que obtenha permissão do autor.
Qualquer direito de uso legítimo (ou "fair use") concedido por lei, ou qualquer outro direito protegido pela legislação local, não são em hipótese alguma afectados pelo disposto acima.

Não é o fim do (c) .. mas o nascimento do (cc)
Ver em
http://www.creativecommons.org/