Avançar para o conteúdo principal

Ano escolar 2006-2007

Agora que já está oficialmente publicado tudo o que é preciso para planear o ano lectivo 2006-2007 aqui fica uma listagem de documentos a ler e aplicar nas bibliotecas escolares para o próximo ano lectivo.

- Despacho n.º 13599/2006 (2.ª série), D.R. n.º 123, Série II de 2006-06-28
Ministério da Educação - Gabinete da Ministra
elaboração do horário semanal de trabalho do pessoal docente, orientações a observar na programação e execução das actividades educativas (inclui indicações sobre a biblioteca escolar e sua equipa)

- [Ministério de Educação] ORGANIZAÇÃO DO ANO LECTIVO 2006/2007 - ALGUMAS NOTAS
http://www.min-edu.pt/ftp/docs_stats/Notas_elaboracao_horarios_2006-2007.pdf

- [Ministério de Educação] ORGANIZAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DO SERVIÇO DOCENTE NAS ESCOLAS - RELATÓRIO FINAL DO GRUPO DE TRABALHO

http://www.min-edu.pt/ftp/docs_stats/relatorio_final_Despacho_25994-2005.pdf

-
Despacho n.º 13468/2006 (2.ª série), D.R. n.º 122, Série II de 2006-06-27
Ministério da Educação - Gabinete da Ministra
renovação de matrícula dos alunos dos ensinos básico e secundário


- [Ministério de Educação] Calendário Escolar 2006/2007
http://www.min-edu.pt/Scripts/ASP/novidades_det.asp?newsID=473
(início entre 11 e 15 de Setembro)

Comentários

Cortiçada disse…
olá eu sou a marisa e sou de cascais e tenho um ablog aki e estava a visita os blogs do pessoa e deparei-me com o seu, lembrei-me de lhe perguntar se sabe alguma coiza sobre o ensino recorrente, é k e queria frequentar as aulas á noite mas frequentei o ensino diuno e tou na nova reforma e fui-me iscrever no ensino recorrente e eles disseram-me k não poso o frequenat porque ainda não saiu a tabela de equivalências.
Se estiver mais informado k eu agradecia k me contactace, para o meu blog ou para ,o meu email com informações sobre o novo ensino recorrente!
beijpos mt obigada

ps- maraize1@hotmail.com
Anónimo disse…
Ao dizer-se que a função de Coordenador da Biblioteca é exercida prioritariamente
nas horas da componente não lectiva de estabelecimento, significa obrigatoriamente que a redução da componente lectiva deixa de ser de 11 horas para passar a ser 9 ou 10 horas, conforme o tempo de escola seja de 45 ou de 90 minutos?
Ou significa que esse tempo de componente não lectiva poderá ser acrescido às 11 horas de Coordenação? É que há escolas a aplicar de uma e de outra forma. Obrigada
Paulo Izidoro disse…
Se há coisa que é sempre gira é ver como todos os anos os executivos não conseguem fazer uma mesma interpretação da lei, sendo sempre necessária uma interpretação posterior do ministério e esclarecimentos das DREs e que no final ainda dá reclamações de toda a gente por injustiças. Para não parecer que sofro do mesmo mal de "iliteracia administrativa" (fica sempre bonito um chavão destes!) podia remeter apenas os documentos: Artigo 13 nº 3 do Despacho 13599/2006: «As faltas dadas a tempos registados no horário individual do
docente são sempre referenciadas a períodos de quarenta e cinco
minutos.»

Logo as horas são entendidas em períodos de 45 minutos. Quem estiver a contar uma hora como 90 minutos está a inventar a toda a largura!

Mensagens populares deste blogue

Tabela CDU disponível online

A tabela CDU está disponível online e em português.
Corresponde à versão "Sumário" com 2000 entradas (das 68000 da tabela completa)

A Biblioteca Nacional de Portugal está de parabéns pelo trabalho realizado e disponível pela licença Creative Comons. Aqui ficam os créditos do trabalho:



Na entrada do site temos um painel do lado esquerdo com as classes e tabelas auxiliares:

Ao carregar numa dessas tabelas surgem as suas notações principais. Se clicarmos numa notação surge do lado direito a explicitação dessa notação e notações relacionadas, sendo possível de navegar entre as relacionadas.


Ainda existem funcionalidades por implementar, não existe pesquisa (e nem parece que vá existir), o número de notações é pequeno em relação ao publicado em livro mas a navegação é fácil e agradável.
Ainda não estão traduzidas as explicações e exemplos... mas quem quiser pode colaborar!.
Claro que quem já trabalhou com a tabela inglesa, em que as notações se podiam pesquisar por palavra ou me…

Porque amo a minha biblioteca escolar?

"Why I Love My School Library" é o tema do MIBE - Mês Internacional das Bibliotecas Escolares que se comemora em Outubro de 2018.
Um tema que, segundo a IASL, se enquadra no objetivo deste ano de análise aos impactos da biblioteca escolar.
Porque amo a minha biblioteca escolar? Outubro será um bom momento para pensar nas nossas bibliotecas e nos nossos utilizadores. Porque é que gostamos das bibliotecas escolares? E o que não gostamos nelas?  Duas perguntas importantes e a fazer desde já. Todas as respostas serão motivos para estratégias de melhoria a realizar ao longo do ano letivo que agora se inicia.


Infos: IASL - https://iasl-online.wildapricot.org/advocacy/islm/index.html

Leituras essenciais Português 11º ano

Estas são as obras literárias para as leituras essenciais propostas para a disciplina "Português" (11.º ano)


A partir do próximo ano lectivo, as aprendizagens essenciais vão substituir as metas curriculares.

Estes documentos estão em consulta pública até 27 de Julho na página da Direcção-Geral da Educação http://www.dge.mec.pt/noticias/consulta-publica-aprendizagens-essenciais


Apesar de insistir que os programas das disciplinas continuam em vigor, o Ministério da Educação indicou ao PÚBLICO que os exames vão passar a avaliar “o que está disposto nas aprendizagens essenciais”. O que acontecerá já em 2019/2020 para os alunos do 11.º ano. Fonte: https://www.publico.pt/2018/07/18/sociedade/noticia/os-maias-deixam-de-ser-leitura-obrigatoria-no-secundario-1838325