Pedra Cascajal


Escrita mais antiga do continente americano tem quase três mil anos e pertence aos Olmecas
Uma escrita até agora desconhecida, que é também a mais antiga jamais identificada no continente americano, a possibilidade de um mergulho numa civilização que existiu há três milénios e é hoje misteriosa, e tudo isto reunido numa única pedra. Eis um sonho para arqueólogos. Pois o sonho tornou-se agora realidade e o estudo preliminar dessa pedra, que terá pertencido à civilização Olmenca (e foi agora baptizada de pedra Cascajal) é publicado neste mês na revista Science