Avançar para o conteúdo principal

Conversa de catalogadores

Porque há coisas que são sempre úteis saber
para manter o nível de uma conversa:

Retirado do blogue
La Imagen Social del Bibliotecario
em relação a uma telenovela novela local (Mujeres asesinas)
Aproveitando a onda (!), sairam na semana passada duas informações técnicas (IT) da Rede Porbase para catalogadores.
- A IT nº 3/2006 é sobre o subcampo 200 $f. Refere-se a registos de documentos sem autoridade principal, em que é sempre necessário preencher o 200 $f com uma primeira autoridade (quando não for uma autoridade principal - autor - deve ser antecedida da sigla da função). Estas autoridades promovidas a "primeira" por ausência de autor continuarão a ser recuperadas no 702. Citando:

A sequência dos subcampos deve respeitar a sequência da pontuação ISBD, ou seja,
mesmo não existindo uma menção de responsabilidade principal mas apenas a
responsabilidade secundária, esta deve ser descrita em $f da seguinte
forma

200 1# $a Flores tropicais $f trad. Joana Melo $g introd. Luis Morais

Significa que nunca poderá existir um 200$g sem que exista um 200$f,
embora a recuperação destas autorias no bloco 7 – Responsabilidade intelectual
seja feita no campo 702 com o código de função


- A IT nº 4/2006 é sobre o campo 801: nada de novo a não ser mandar preencher aqueles que não o preenchiam...!

Comentários

Anónimo disse…
Encabezava mas era a gaja!

Mensagens populares deste blogue

Tabela CDU disponível online

A tabela CDU está disponível online e em português.
Corresponde à versão "Sumário" com 2000 entradas (das 68000 da tabela completa)

A Biblioteca Nacional de Portugal está de parabéns pelo trabalho realizado e disponível pela licença Creative Comons. Aqui ficam os créditos do trabalho:



Na entrada do site temos um painel do lado esquerdo com as classes e tabelas auxiliares:

Ao carregar numa dessas tabelas surgem as suas notações principais. Se clicarmos numa notação surge do lado direito a explicitação dessa notação e notações relacionadas, sendo possível de navegar entre as relacionadas.


Ainda existem funcionalidades por implementar, não existe pesquisa (e nem parece que vá existir), o número de notações é pequeno em relação ao publicado em livro mas a navegação é fácil e agradável.
Ainda não estão traduzidas as explicações e exemplos... mas quem quiser pode colaborar!.
Claro que quem já trabalhou com a tabela inglesa, em que as notações se podiam pesquisar por palavra ou me…

DigCompEdu Competência Digital para Educadores

Foi lançado, em português, o Quadro Europeu de Competência Digital para Educadores - DigCompEdu, um documento destinado docentes, da Educação Pré-Escolar ao Ensino Secundário, Ensino Superior e Educação de Adultos, incluindo formação geral e profissional, educação especial e contextos de aprendizagem não formal.

Nele são apresentadas 22 competências, organizadas em 6 áreas, e um modelo de progressão para ajudar os docentes a avaliarem e desenvolverem a sua competência digital.
Este referencial, criado no âmbito da iniciativa DigComp da Comissão Europeia, pretende ajudar os estados membros na promoção das competências digitais dos seus cidadãos e impulsionar a inovação na educação.

Quadro Europeu de Competência Digital para Educadores Responde à consciencialização crescente entre muitos estados membros europeus que os educadores precisam de um conjunto de competências digitais específicas para a sua profissão de modo a serem capazes de aproveitar o potencial das tecnologias digitais …

Leituras essenciais da disciplina Clássicos da literatura - 12.º ano

Estas são as obras das leituras essenciais propostas para a disciplina "Clássicos da literatura" (12º ano - Formação específica)

Estes documentos estão em consulta pública até 27 de Julho na página da Direcção-Geral da Educação http://www.dge.mec.pt/noticias/consulta-publica-aprendizagens-essenciais
A partir do próximo ano lectivo, as aprendizagens essenciais vão substituir as metas curriculares.

Disciplina: CLÁSSICOS DA LITERATURA (12.º ANO - Formação Específica):
Clássicos da Literatura é uma disciplina especificamente orientada para o aprofundamento de aprendizagens relacionadas com a educação literária. Visa promover o conhecimento do património literário europeu e educar o gosto literário, aprofundando hábitos de leitura. Para tal, preconiza-se não só o alargamento e a especificação de critérios de apreciação literária, mas também a promoção da leitura autónoma e crítica. São ainda finalidades desta disciplina o desenvolvimento de valores pessoais e interpessoais de na…