O sexo dos leitores


Acha que os leitores não têm sexo? Ou que a literatura não tem sexo? Já não pensa o mesmo de um filme pois não? Pois olhe que os leitores e a literatura também têm sexo.
Os escritores sabem disso (escrevem sempre para um público específico) e parece que só os bibliotecários e professores o preferem ignorar (em nome do politicamente correcto da igualdade dos sexos ou ainda por estarem muito ligados a uma imagem negativa do ensino em salas separadas).
Mas a questão é mais profunda, está ligada aos gostos de leitura dos adolescentes, onde se verificam tendências e gostos
relativamente aos géneros literários que se podem dividir por sexos.
Se queremos aumentar os índices de leitura, não podemos pensar que é tudo igual só por acharmos que devia ser tudo igual para que a vida social fosse melhor. Ou de como a realidade pode não ser politicamente correcta.

E você pode andar a aumentar problemas por ignorar esta questão! O seu trabalho de casa é começar a estudar as estatísticas da biblioteca por género: literário e sexual !!

Porquê este tópico agora? É uma questão de curiosidade pessoal já antiga (na altura ligada a questões de desempenho educativo e características psicológicas) mas ultimamente andei a pesquisar o mesmo assunto, agora ligado à literatura e leitores.
Existe muita literatura sobre o assunto, especialmente publicada depois de 1990 quando se tornou uma moda nos EUA (naturalmente com exageros!).
Curiosamente, nesta semana, acabou por sair na revista SuperInteressante, como artigo de capa, uma análise à questão da diferença de sexos em várias áreas do saber. É um artigo genérico mas bom para alguém se iniciar no tema.
Depois (provavelmente por altura da semana da leitura 2007)
divulgo uma lista de artigos e documentos web sobre o tema... mas pode já começar por este, muito bom sobre a relação géneros/literatura:

- Reading is for the boys (and girls)!
http://www.learnnc.org/articles/boysread0602-1