Menina Dewey

Ms Dewey

Ou como pesquisar na internet pode ser interessante mesmo que não funcione muito bem para pesquisas! É lento, tem poucos resultados, mas os "Geeks" (ou Cromos) da tecnologia adoram.
Este motor de pesquisa é, mais do que uma ferramenta, é um ensaio tecnológico (com o envolvimento da Microsoft) mas daqui a uns anos as coisas não deverão andar muito longe do que agora é prometido: interactividade e apoio ao pesquisar.

O site www.msdewey.com tem sido dos mais falados nos últimos tempos, um cenário futurista, uma bibliotecária simpática que adora que lhe façam perguntas... e se é para isto que a banda larga é útil, venha ela (a banda larga, claro!).

Mas não, não é pelo aspecto da bibliotecária na secretária de referência que o site tem sido mais falado (como poderiam ser tentados a pensa, pois apesar de o cabelo estar apanhado os óculos desapareceram!) mas sim pela sua atitude do outro lado do ecrã (é mesmo para levar à letra).

Ms Dewey, pensadora, impaciente e energética, fornece respostas e apresenta reacções curiosas relativamente aos termos pesquisados. O desafio é descobrir as mais de 600 reacções diferentes. Experimentem pesquisar por "Mrs Dewey" (e não Ms Dewey), "meaning of life" "news", "curse", "cusses" ,"irak" ,"piracy", "bush", "internet", "microsoft", "bill gates", "Mac OS X", e claro "Janina" ... mas a melhor ainda é o simples... "ho". Depois pode esquecer o site e dedicar-se a algo mais produtivo.

O Jornal Expresso apresentou um artigo sobre o fenómeno Ms. Dewey http://expresso.clix.pt/Actualidade/Interior.aspx?content_id=395581 (juro que já tinha começado a escrever um tópico sobre o assunto!).

Já agora podem ver a mesma actriz (Janina Gavankar) numa pose mais descontraída e que lhe tem trazido mais fama, no papel de Eva "Papi" Torres, na série L-Word. Onde? No canal FoxLife... embora aí sejam mais as mulheres a olharem para ela!
www.thelwordonline.com/papi.html

O nome Dewey é, como seria de esperar, uma associação a Melvil Dewey e à Classificação Decimal Dewey (CDD)

Até nisto os americanos conseguem vantagens no marketing: nunca poderíamos ter uma Menina CDU (de Classificação Decimal Universal, o sistema mais utilizado por estas paragens!)