Avançar para o conteúdo principal

Quanto tempo é tempo suficiente?

Quanto tempo é tempo suficiente para que os defensores do sistema de copyright considerem que deixam de ter direitos sobre as obras? Os herdeiros de Platão, Camões, Eça de Queirós, Einstein, Max ou de Frank Sinatra são diferentes?
A indústria cultural e tecnológica tem um negócio: recolher proventos de venda de produtos e direitos de autor pela sua utilização futura. E quando termina o futuro?
O direitos de autor são uma produção recente e característica do mundo industrializado, abrangendo os mais diversos produtos intelectuais (com excepção das aplicações matemáticas). Como base têm a necessidade de protecção do produto intelectual e a sobrevivência do criador. Contudo foram direitos criados com uma condição: a partir de determinado tempo essas criações passavam ao domínio público. O problema agora é fazer aceitar esse acordo, sendo que as indústrias procuram ir alargando o período de vigência.
Por exemplo o mundo do som gravado é muito recente e as primeiras gravações de Soul, Reggae, e Rock, passados os 50 anos da protecção dos direitos de autor, passariam ao domínio público.
Ou talvez não! E que tal alargar o período de 50 para 95 anos?

É esta questão que está em causa no próximo dia 23 de Março, com a indústria fonográfica a pedir ao Parlamento Europeu um alargamento do acordo de protecção dos direitos de autor.
Até podiam pedir 500 anos, a questão é qual o critério?
Mais uma lei à medida dos interesses. Quais? O da indústria, não o dos autores!
say no to copyright extension
Uma indústria relutante em deixar os seus produtos serem utilizados em bibliotecas e arquivos, uma indústria que não gosta nada que uma cassete de VHS seja convertida para DVD (mesmo que seja a única maneira de preservar o acesso futuro).
E que dizer de uma indústria que agora nem quer aceitar que um livro seja lido automaticamente por um computador pois já não seria o livro inicialmente licenciado mas uma obra áudio e implicaria uma nova licença?!
É o terreno para o lamento dos utilizadores.
É o terreno da felicidade para os piratas, justificados moralmente nos seus actos!

Para saber mais sobre a questão::

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Tabela CDU disponível online

A tabela CDU está disponível online e em português.
Corresponde à versão "Sumário" com 2000 entradas (das 68000 da tabela completa)

A Biblioteca Nacional de Portugal está de parabéns pelo trabalho realizado e disponível pela licença Creative Comons. Aqui ficam os créditos do trabalho:



Na entrada do site temos um painel do lado esquerdo com as classes e tabelas auxiliares:

Ao carregar numa dessas tabelas surgem as suas notações principais. Se clicarmos numa notação surge do lado direito a explicitação dessa notação e notações relacionadas, sendo possível de navegar entre as relacionadas.


Ainda existem funcionalidades por implementar, não existe pesquisa (e nem parece que vá existir), o número de notações é pequeno em relação ao publicado em livro mas a navegação é fácil e agradável.
Ainda não estão traduzidas as explicações e exemplos... mas quem quiser pode colaborar!.
Claro que quem já trabalhou com a tabela inglesa, em que as notações se podiam pesquisar por palavra ou me…

Dia internacional da oferta de livros

O dia 14 de Fevereiro é o Dia Internacional da Oferta de Livros #bookgivingday . É o dia de fazer alguém feliz com um livro, especialmente crianças.


Criado no Reino Unido tem hoje uma presença internacional. Sem uma organização formal de eventos baseia-se na ação individual de apaixonados pela leitura que procuram dar um livro a quem o não tem.
Ofereça, deixe esquecido, doe! Coloque livros novos ou usados nas mãos de tantas crianças quanto possível!

O poster de 2108 é uma criação de Elys Dolan, criado a partir das ilustrações do livro "Knighthood for Beginners".


No sítio do evento encontra os materiais de promoção para descarregar ou partilha.

Plágios e fraudes: sites e software

Na sequência do artigo anterior sobre o problema do Plágio ficam aqui links para documentos web e software anti-plágio, sendo certo que alguém terá dito que "Roubar ideias de uma pessoa é plágio. Roubar de várias, é pesquisa (ou Tese!)".


Leitura de Referência:
Plagiarism - Wikipedia, the free encyclopedia - http://en.wikipedia.org/wiki/Plagiarism
também inclui uma parte sobre "Self-plagiarism" que alguns autores de literatura adoram realizar!Plagiarism detection - http://en.wikipedia.org/wiki/Plagiarism_detection Plagiarism Stoppers : A Teachers Guide - http://www.ncusd203.org/central/html/where/plagiarism_stoppers.htmlEthics 101: Cheating, Plagiarism, Site Evaluation, Copyright and Your Students - http://www.kalama.com/~zimba/plag&cheat.htmPlagiarism .org : Learning Center : - http://www.plagiarism.org/ Plagiarism is almost always a symptom of other educational problems.Lista de links: http://www.123helpme.com/plagiarism.jsp
Para reflexão e curiosidades:A má rep…