Com 22 letrinhas apenas

Ministério da Educação: Estabelece as regras de designação de docentes para a função de professor bibliotecário e para a função de coordenador interconcelhio para as bibliotecas escolares

Com a publicação da portaria que institui a função de professor bibliotecário nas escolas portuguesas, é dado um passo em frente na valorização do trabalho realizado nas bibliotecas escolares.
Esta conquista marca um processo de 13 anos na instituição da Rede Nacional de Bibliotecas Escolares geridas através do seu Gabinete Coordenador.
É naturalmente fruto do empenhamento do Ministério de Educação aqui representada na figura da Coordenadora do Gabinete da Rede de Bibliotecas Escolares, Drª Teresa Calçada
É ao mesmo tempo resultado do trabalho realizado em cada escola, em cada biblioteca, em cada município, por professores que exerceram as funções de coordenadores de bibliotecas, as geriram e promoveram, por professores que foram membros das suas equipas ou com elas colaboraram directamente em actividades, por auxiliares de acção educativa que se dedicaram a fornecer serviços ao público, órgãos de gestão que investiram nas bibliotecas, e alunos que aderiram às bibliotecas e nelas fizeram a sua zona especial dentro da escola.
Também é um momento só possível pela colaboração da entidades externas como os bibliotecários municipais, serviços SABE, Autarcas, formadores, escritores, artistas e anónimos.

Trata-se de um momento significativo porque as bibliotecas escolares mostraram capacidade de realização, foram fundamentais para a criação de leitores e para a formação de cidadãos. Será um momento importante no sistema educativo na medida em que as bibliotecas são e venham a ser cada vez mais, um pólo aglutinador de saberes e de competências transversais, não só nos alunos iniciais mas em toda a comunidade educativa e na educação ao longo da vida.

Os "porquês" de ser um momento significativo:
  • Porque a formação do aluno não passa só pelas paredes de uma sala de aula.
  • Porque a biblioteca está viva e é necessária ao sucesso educativo
  • Porque a biblioteca constitui um dos melhores mecanismos de igualdade social na aprendizagem
  • Porque a formação de competênciasfaz-se para toda a vida até para necessidades ainda não percepcionadas.
  • Porque a educação se faz ao longo de toda a vida
  • Porque a biblioteca é o centro educativo da comunidade escolar e educativa

E você? Já não vai a uma biblioteca escolar há mais de 13 anos? Olhe que não sabe o que tem andado a perder: as bibliotecas são hoje muito distintas do que já foram, quer em aspecto quer em acção ou em iniciativas..
Para o próximo ano escolar fica aqui uma proposta: contacte com o PROFESSOR BIBLIOTECÁRIO da sua antiga escola ou o da escola dos seus filhos e disponibilize-se para colaborar.
Ofereça-se para ir ler uns minutos aos alunos, falar da sua profissão, colaborar na organização de um evento cultural ou literário, oferecer um livro, visitar simplesmente. Vai ser bem recebido!

Links para as representações gráficas:
www.wordle.net/gallery/wrdl/997715/Teacher-librarians-Portugal-2009
www.wordle.net/gallery/wrdl/997727/Professor-bibliotecario-Portugal-2009

Com 22 letrinhas apenas, se escreve a palavra...
Professor bibliotecário!