Agora (Filme)

Na "Estante de Cinema" desta quarta feira está também o filme "Agora" (2009) que retrata eventos do século IV no Egipto, centrado na história da astrónoma e filósofa Hypatia de Alexandria.

A partir da biblioteca de Alexandria, Hypatia, leva a cabo uma luta para salvar a sabedoria do mundo antigo ameaçada por perseguições religiosas. Um filme épico e de grande orçamento que nos chega de Espanha pela mão do realizador Alejandro Amenabar. As imagens e as críticas disponíveis prometem.

Não fora o espanhol ser um idioma que não gosto de ouvir e já estava numa sala de cinema espanhol onde já é sucesso de bilheteiras desde 10 de Outubro.
É mais um filme para ficar atento a estreias em Portugal. Nos EUA está previsto só para 18 de Dezembro de 2009... o que ainda dará para um Óscar, numa corrida onde "Amelia" e "Precious: Based on the Novel 'Push' by Sapphire" (o nome é mesmo assim... aceitam-se apostas para a tradução em português!) já se aprontam na primeira linha. E este ano os nomeados para melhor filme serão 10 e não 5 filmes.

Material gráfico sobre o "Agora":

A verdadeira Hypatia de Alexandria foi uma erudita grega que viveu em Alexandria, considerada a primeira mulher a destacar-se nas matemáticas tendo também ensinado filosofia e astronomia. Viveu num Egipto sob influência romana e dirigiu a escola platónica de Alexandria. A sua influência na cidade bem como nos ensinamentos da época foi elevada.
Foi brutalmente assassinada em 415 por uma multidão de cristãos Coptas acusada de incitar a tumultos religiosos.
Na história é recordada por ser uma defensora da ciência contra a religião sendo a sua morte referida como um marco do fim do período helenístico.
Como tal foi igualmente celebrada no famoso quadro "Escola de Atenas" de Rafael Sanzio http://en.wikipedia.org/wiki/School_of_Athens