Avançar para o conteúdo principal

46 anos de Doctor Who


Sabia que no dia 23 de Novembro de 1963, às 17:15 (GMT) foi emitido o primeiro episódio de Doctor Who?
A série da BBC é famosa no meio da ficção científica, um ícone da cultura inglesa (13 milhões de espectadores no episódio de Natal em 2007), passa na SIC Radical, mas você já sabe, certo? Afinal não é por acaso que detém um registo no livro do Guinness como a série de televisão de ficção científica em exibição durante mais tempo, de (1963 a 1989).
A série foi retomada em 2005 e continuará a ser produzida, sendo que em 2010 já não será David Tennant o The Doctor pois vai sofrer mais uma regeneração.


Excerto da série Dr. Who no meio de mais uma viagem no tempo, aqui numa biblioteca.
O argumento do episódio explora mais um paradoxo das viagens no tempo e é uma delícia para os neurónios: e se no meio de uma viagem encontramos um outro viajante no tempo que conhecemos num tempo passado mas que acabou por nos encontrar no futuro quando ainda não tínhamos ido ao passado conhecê-lo?

Para além dos livros e filmes baseados na série, surgiram ainda outras séries a partir do Doctor Who, destacando-se:
E que tal um salto na cabine da polícia até ao site oficial: www.bbc.co.uk/doctorwho/?

Comentários

José Coelho disse…
Peço desculpa, este meu comentário não tem nada a ver, mas não resisti enviar esta notícia depois de a ler: Livro é devolvido a biblioteca norte-americana, 51 anos depois:
http://www.ananova.com/news/story/sm_3565768.html?menu=news.quirkies
Trabalhei 6 anos numa biblioteca e sei que é muito difícil conseguir que as pessoas devolvam os livros, mas isto nunca vi. Bem, sempre é melhor 51 anos depois do que nunca.

Cumprimentos,

José Coelho

Mensagens populares deste blogue

Tabela CDU disponível online

A tabela CDU está disponível online e em português.
Corresponde à versão "Sumário" com 2000 entradas (das 68000 da tabela completa)

A Biblioteca Nacional de Portugal está de parabéns pelo trabalho realizado e disponível pela licença Creative Comons. Aqui ficam os créditos do trabalho:



Na entrada do site temos um painel do lado esquerdo com as classes e tabelas auxiliares:

Ao carregar numa dessas tabelas surgem as suas notações principais. Se clicarmos numa notação surge do lado direito a explicitação dessa notação e notações relacionadas, sendo possível de navegar entre as relacionadas.


Ainda existem funcionalidades por implementar, não existe pesquisa (e nem parece que vá existir), o número de notações é pequeno em relação ao publicado em livro mas a navegação é fácil e agradável.
Ainda não estão traduzidas as explicações e exemplos... mas quem quiser pode colaborar!.
Claro que quem já trabalhou com a tabela inglesa, em que as notações se podiam pesquisar por palavra ou me…

Porque amo a minha biblioteca escolar?

"Why I Love My School Library" é o tema do MIBE - Mês Internacional das Bibliotecas Escolares que se comemora em Outubro de 2018.
Um tema que, segundo a IASL, se enquadra no objetivo deste ano de análise aos impactos da biblioteca escolar.
Porque amo a minha biblioteca escolar? Outubro será um bom momento para pensar nas nossas bibliotecas e nos nossos utilizadores. Porque é que gostamos das bibliotecas escolares? E o que não gostamos nelas?  Duas perguntas importantes e a fazer desde já. Todas as respostas serão motivos para estratégias de melhoria a realizar ao longo do ano letivo que agora se inicia.


Infos: IASL - https://iasl-online.wildapricot.org/advocacy/islm/index.html

Leituras essenciais Português 11º ano

Estas são as obras literárias para as leituras essenciais propostas para a disciplina "Português" (11.º ano)


A partir do próximo ano lectivo, as aprendizagens essenciais vão substituir as metas curriculares.

Estes documentos estão em consulta pública até 27 de Julho na página da Direcção-Geral da Educação http://www.dge.mec.pt/noticias/consulta-publica-aprendizagens-essenciais


Apesar de insistir que os programas das disciplinas continuam em vigor, o Ministério da Educação indicou ao PÚBLICO que os exames vão passar a avaliar “o que está disposto nas aprendizagens essenciais”. O que acontecerá já em 2019/2020 para os alunos do 11.º ano. Fonte: https://www.publico.pt/2018/07/18/sociedade/noticia/os-maias-deixam-de-ser-leitura-obrigatoria-no-secundario-1838325