A literatura portuguesa é má na cama?

O suplemento Ípsilon (Jornal Público) de 12 de Fevereiro é uma leitura recomendada para o fim de semana dos namorados. Não fala de namorados mas de literatura. E não é sobre literatura romântica é sobre o sexo dos escritores portugueses que ao que parece são maus na cama!
Com uma capa de estalo, o título é claro: "A literatura portuguesa é má na cama?"
10 escritores respondem à questão e fica-se a saber que em Portugal (ainda) escrevemos pouco sobre sexo e nem sempre sai grande coisa.
E ficamos também a saber que os brasileiros são melhores que os portugueses e que elas são melhores que os homens (nada a opor, ainda por cima numa época de Carnaval, Rio de Janeiro, Cariocas, etc).
E agora um pouco de serviço público... autores bons na cama: Agustina Bessa-Luís, José Cardoso Pires, Eugénio de Andrade, Eça de Queirós, Jorge de Sena e Mário Césariny.
Já quanto aos maus na cama... mas isso interessa para alguma coisa?