Avançar para o conteúdo principal

Integração e Gestão das TIC nas bibliotecas

Integração e Gestão das TIC nas bibliotecas - Paulo Leitão (Liberpólis)
Resumo: O universo das tecnologias da comunicação e informação é encarado como uma oportunidade fundamental de criação de um novo tipo de biblioteca, identificando-se as dificuldades de correlação entre as diversas tecnologias e suportes em presença.
Perspectiva-se esta "nova" biblioteca através da integração holística de velhos e novos serviços, velhas e novas tecnologias. Alerta.se para a necessidade de uma visão estratégica da organização e de uma planificação do processo de integração tecnológica, por forma a evitar rupturas profundas que ponham em causa a vida da organização.
Integração e Gestão das TIC nas bibliotecas
Integração e Gestão das TIC nas bibliotecas - Paulo Leitão (Liberpólis)
Este documento é em si mesmo um exemplo/alerta sobre a "integração holística de velhos e novos serviços, velhas e novas tecnologias":
  • O próprio autor coloca-o no Scribd (o site de partilha de documentos)
  • Como "sigo" o Paulo Leitão no Scribd fico logo a saber no mesmo dia em que é publicado e também o leio.Quem me segue no Facebook fica também a saber que eu gostei de ler este artigo.
  • Coloco então um artigo no meu blogue com este texto para que você também o fique a conhecer e o leia. 
  • Naturalmnete que se espera que o divulgue aos seus amigos, o coloque no Twitter, etc.
Paradoxos digitais: o artigo não é a versão digital do artigo da revista mas sim a digitalização da impressão do mesmo artigo!
Assim do digital passou ao papel e depois de novo digitalizado para ser dado a conhecer! E quem sofre é o utilizador que não pode desfrutar a máxima qualidade na leitura digital. Lembra as cópias dos emails enviados por Fax!

Comentários

cfcgomes disse…
Deveras interessante este artigo muito obrigado pela partilha.

www.bibarqmus.wordpress.com

Mensagens populares deste blogue

Tabela CDU disponível online

A tabela CDU está disponível online e em português.
Corresponde à versão "Sumário" com 2000 entradas (das 68000 da tabela completa)

A Biblioteca Nacional de Portugal está de parabéns pelo trabalho realizado e disponível pela licença Creative Comons. Aqui ficam os créditos do trabalho:



Na entrada do site temos um painel do lado esquerdo com as classes e tabelas auxiliares:

Ao carregar numa dessas tabelas surgem as suas notações principais. Se clicarmos numa notação surge do lado direito a explicitação dessa notação e notações relacionadas, sendo possível de navegar entre as relacionadas.


Ainda existem funcionalidades por implementar, não existe pesquisa (e nem parece que vá existir), o número de notações é pequeno em relação ao publicado em livro mas a navegação é fácil e agradável.
Ainda não estão traduzidas as explicações e exemplos... mas quem quiser pode colaborar!.
Claro que quem já trabalhou com a tabela inglesa, em que as notações se podiam pesquisar por palavra ou me…

Elsa Conde e Teresa Calçada no PNL2017

A implementação e monitorização do Plano Nacional de Leitura até 2027 ficará sob responsabilidade de uma comissão que inclui os Ministérios da Educação, Cultura e Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.
A comissão interministerial a ser presidida por Teresa Calçada e Elsa Maria Conde estará dependente do Ministério da Educação, em articulação com as tutelas da Cultura e da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Objetivo: "Fazer uma aposta abrangente na leitura, seja a literária, científica, em papel ou noutros suportes" (Teresa Calçada).

O PNL quer agora “levar a leitura a outras esferas da sociedade”, mostrando que esta “não é apenas património de alguns” e promovendo hábitos de leitura ao longo da vida: junto de famílias, crianças, jovens e adultos. E, sem descurar o papel das bibliotecas escolares, pretende-se criar condições para a promover nas instituições de ensino superior e da rede de centros de Ciência Viva.

“Em todos os locais onde seja possível dizer 'ler é bom…