Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2011

A biblioteca vista pelos ilustradores

"A invisibilidade das bibliotecas em África, por Fernando Vicente"
Mais imagens de outros ilustradores em: http://bibliocolors.blogspot.com/2011/02/la-biblioteca-vista-pel-illustradors-la.html

Óscares 2011

Vencedores dos Óscares 2011
Lista IMDB: www.imdb.com/features/oscars/2011/nominationsSite da Academia: www.oscars.org/awards/academyawards/index.htmlGuia para professores:
Comece o dia a falar aos seus alunos sobre os óscares: www.oscars.org/education-outreach/teachersguide/index.html

Dizem que o Óscar vai para...

As conversas nos media sociais sobre os óscares são mais do que apostas, são um concusro de popularidade e ao mesmo tempo de criação de tendências. Mas até que ponto representam o pensamento da Academia?
Aqui ficam as previsões (dois estudos com resultados diferentes) para depois comparar com os vencedores!

Estudo do Meltwater Group:
Estudo do Webtrends

Fonte: 
Oscars 2011 Predictions: Another Perspective - http://mashable.com/2011/02/27/oscar-infographic/Here’s Who You Think Should Win The Oscars - http://mashable.com/2011/02/26/oscar-predictions

Não se deixe pescar online!

Navegador que não queira ser "pescado" tem de estar atento e nem sempre é fácil, mas para a maioria dos casos de "Phishing" basta ser um pouco inteligente.
Be Smarter Online: Avoid Email Phishing Campanha da Comodo, por sinal um bom antivirus gratuito para empresas e particulares. O meu único antivirus nos últimos dois anos! Download: www.comodo.com

O amor magoa!

Receita para o Dia dos Namorados: nunca ler um livro muito pesado enquanto estiver ao lado da namorada!
Fonte: Hagar the Horrible - http://www.arcamax.com/hagarthehorrible/s-831658-180012 .

iPad e novo paradigma nos conteúdos online

Muita promoção têm feito os bibliotecários sobre o hardware dos equipamentos móveis de acesso a conteúdos (telemóveis, Tablet, Pad, etc) em vez de se concentrarem nos conteúdos. Certamente por estarem preocupados em promover o acesso móvel aos conteúdos, mas é algo que estão a fazer de uma forma  apressada e errada.
Hoje em dia é quase impossível ler alguma coisa sobre conteúdos online sem que apareça o título "disponível para o equipamento Y", especialmente se o equipamento for da Apple que tem liderado as modas tecnológicas nesta área.
As empresas entraram neste frenesim e até parece que não ter uma aplicação para iPad e iPhone é como não existir. O certo é que já não se preocupam tanto em disponibilizar conteúdos enquanto tal (possíveis de serem consultados de formas diversas). Preocupam-se em disponibilizar conteúdos no formato de um aparelho móvel específico. Uma empresa já não está disponível online: está disponível na aplicação para iPad, mas não ainda para Android e …

O sono impede a leitura

Fonte: Blondie http://www.arcamax.com/blondie/s-830058-835632

Actualização tecnológica das frases feitas

Até as frases feitas são actualizáveis...

Fonte: www.toondoo.com/cartoon/2313257

Bibliotecas públicas: demasiado preciosas para destruir!

É o discurso cultural do momento em Inglaterra. Face aos cortes financeiros no país as bibliotecas estão a ser seriamente afectadas levando ao encerramento de muitas dependências. Em Oxford a ideia passa ainda por entregar as bibliotecas a serviço voluntário deixando de contar com os serviços dos profissionais de biblioteca.
Philip Pullman (autor de "His Dark Materials" e "The Golden Compass") não se conteve e, numa reunião a 20 de Janeiro, foi implacável em defesa das bibliotecas de Oxford:
I love the public library service for what it did for me as a child and as a student and as an adult. I love it because its presence in a town or a city reminds us that there are things above profit, things that profit knows nothing about, things that have the power to baffle the greedy ghost of market fundamentalism, things that stand for civic decency and public respect for imagination and knowledge and the value of simple delight.Leia o discurso: Leave the libraries alone. Y…

As suas fotografias no seu museu

Quem quiser fazer um museu virtual como o do Art Project para apresentar as suas imagens use o "Photo! 3D Screensaver". É gratuito, excelente e facílimo de utilizar.  Claro que não precisam fazer o mesmo que o Google e pedalar pelos museus com a máquina atrás:  o museu já está criado e só têm de adicionar as fotos nos espaços dos quadros.
Existem vários cenários desenhados em ferramentas 3D com boa qualidade visual e que pode utilizar sendo que cada um tem número variável de espaços para fotos e algumas salas por onde passear.
Adicionar fotografias é a coisa mais simples: agarrar na foto e arrastar para cima do espaço do quadro na parede! Não gosta ali.. arraste para o outro lado.
Depois de adicionadas as imagens, a viagem pelo museu começa com o movimento do rato ou deixe em automático como se fosse visto pelos olhos de uma pessoa a passear no museu. Esta opção é a ideal para apresentações em que deixa o computador em modo de apresentação (até pode escolher a altura do visi…

Art Project: Vá ao museu... sem sair de casa

A Google aplicou a museus a tecnologia já utilizada no StreetView e agora já pode passear por alguns museus no seu sofá.

Impressionante é a qualidade das imagens dos quadros... ainda por cima sem ter de enfrentar filas enormes para conseguir chegar perto desses quadros.
Qualquer coisa como isto:

Agora o seu museu favorito fica em : http://www.googleartproject.com/