Parlamento dos Jovens 2011/2012

O programa Parlamento dos Jovens é organizado pela AR, em colaboração com outras entidades, com o objectivo de promover a educação para a cidadania e o interesse dos jovens pelo debate de temas de actualidade.

Culmina com a realização de duas Sessões Nacionais na AR, preparadas ao longo do ano lectivo, com participação de Deputados, designadamente da Comissão de Educação e Ciência, órgão parlamentar responsável pela orientação do programa. Todas as Escolas do 2º e 3º ciclos do ensino básico e do secundário são convidadas a participar.

Programa Parlamento dos Jovens - Edição 2011/2012
Tema da Sessão Nacional do Secundário - “Redes sociais: participação e cidadania”

Tema da Sessão Nacional do Básico (2º e 3º ciclos): “Redes sociais: combate à discriminação”

Inscrições até 15 de Outubro.
http://app.parlamento.pt/webjovem2012/index.html

[ Ler Mais ]

Agenda Europa: a escolha é vossa

Para um bom regresso às aulas a Comissão Europeia disponibiliza a versão digital da Agenda Europa 2011/2012, uma agenda escolar com conteúdos informativos sobre uma série de questões relacionadas com a União Europeia.
A Agenda Europa destina-se aos alunos do 10.º ano e apoia os programas curriculares.

Quem a publica?
A Agenda Europa é publicada pela Comissão Europeia, desenvolvida em cooperação com a Generation Europe Foundation e distribuída em Portugal com o apoio da Associação Portuguesa para a Defesa

Secções informativas:

  • União Europeia - Informação essencial sobre o que é a União Europeia e como funciona;
  • Os meus estudos, o meu futuro - Impacto direto que a União Europeia tem nos jovens, nomeadamente no que respeita à cidadania, educação e carreiras profissionais;
  • O meu ambiente - Seleção de textos sobre diferentes aspetos da proteção ambiental, da energia à agricultura;
  • Os meus direitos, as minhas opções - Os direitos e deveres dos consumidores europeus, seja online ou numa loja, em casa ou no estrangeiro;
  • A minha saúde e segurança - Trata de uma série de questões raramente abordadas tais como a poluição do ar interior, a contrafação e a rotulagem de produtos;
  • As nossas fronteiras - As relações internacionais, a ajuda para o desenvolvimento e o comércio internacional são temas que se interligam.

[ Ler Mais ]

S"tor", quer ser meu amigo no Facebook?

«No ensino básico e secundário, há cada vez mais professores a utilizar as redes sociais e outras ferramentas tecnológicas para interagir com os alunos. Isto apesar de, na opinião de Luís Pereira, investigador no Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade da Universidade do Minho, as escolas portuguesas viverem ainda num ambiente de "resistência" em relação a estas ferramentas.

"Há uma grande desconfiança, sobretudo por causa de receios relacionados com situações de cyberbullying", diz o investigador, que tem participado em trabalhos sobre estes temas.
É através de iniciativas isoladas de professores, como aconteceu com João Sá e outros docentes da Escola Avelar Brotero, que as redes sociais começam a ser utilizadas com objectivos pedagógicos.

A Rede de Bibliotecas Escolares também tem promovido a utilização destas ferramentas através de acções de formação a professores. Foi assim que Ilda Velez, professora bibliotecária na Escola Secundária D. Inês de Castro, em Alcobaça, começou a dinamizar páginas no Hi5, Twitter e Facebook, mesmo sendo "uma das professoras mais antigas da escola".
A docente utiliza as redes para fazer "sugestões de leitura" e "divulgação de actividades", mas também para "conversas informais com os alunos". "O ser "amigo no Face" aproxima-nos dos jovens - deixamos de ser só o "prof" ou o "s"tor"... E, numa análise um pouco impressiva, parece-me que os professores mais presentes nas redes sociais são também os mais amigos e procurados pelos alunos no espaço real da escola", conta.

A experiência tem "corrido bem": nos comentários na página do Facebook da biblioteca, Ilda Velez nota um "esforço de contenção" e de correcção linguística por parte dos alunos e um maior "interesse" no acompanhamento das actividades. "Até hoje, só tive que ocultar três comentários impróprios e todos de ex-alunos da escola", afirma.

"Acho legítima a opção de aceitar ou não aceitar pedidos de amizades de alunos. Eu aceito-os e não tenho problemas com isso, mas reconheço que há uma certa diluição do espaço profissional. A escola torna-se mais horizontal e o meu papel enquanto professor sai muito da sala de aula", diz João Sá.

Ilda Velez admite mesmo que os professores devem estar atentos aos "desafios e riscos que as redes colocam às relações entre professores e alunos". Um desafio que considera "fundamental é o da privacidade". "Um professor tem que saber gerir muito bem tudo o que escreve, comenta e "gosta". E não se pode esquecer nunca que não deixa de ser professor pelo facto de estar online", diz.»

(excertos do artigo de André Jegundo no Jornal Público - 04 de Setembro de 2011)
Pode ler a transcrição do artigo aqui

[ Ler Mais ]

Quando se lê mais, lê-se muito melhor

«O Plano Nacional de Leitura fez cinco anos, metade da esperança de vida que lhe foi destinada. O comissário, Fernando Pinto do Amaral, acredita que a segunda fase continuará a contribuir para que os livros pertençam ao quotidiano dos jovens. E elogia os protagonistas desta história: os professores-bibliotecários.

O comissário atribui ao PNL o papel de “abrir as portas para a leitura” e elogia o trabalho dos professores-bibliotecários, “os verdadeiros agentes do Plano Nacional de Leitura”. “As escolas e agrupamentos escolares que tenham um determinado n.º de alunos têm um professor-bibliotecário. São eles que estão no terreno e contactam diretamente com as crianças.”

Passada a fase de equipar as bibliotecas escolares com computadores, audiovisuais, etc. (“um dos méritos do anterior Governo foi o de equipar as escolas, nem todas, mas muitas”), agora, querem “apostar mais no software do que no hardware”. 

Será também o momento de “aprofundar as ações a nível humano, para que os equipamentos e materiais não fiquem ali sem utilização.
Aí, é muito importante o papel dos professores bibliotecários, pois são eles que dinamizam as atividades e as práticas de promoção da leitura”.»
(Revista Pública - Miúdos: Quando se lê mais, lê-se muito melhor - Texto Rita Pimenta)

Artigo:


Artigo original:
http://jornal.publico.pt/noticia/25-09-2011/quando-se-le-mais-lese-muito-melhor-23006444.htm

[ Ler Mais ]

Livros de autoajuda

Cartoon de Bandeira

[ Ler Mais ]

Facebook: timeline, o seu álbum de vida

No centro do sistema Facebook está o perfil do utilizador que sofreu duas evoluções e está agora pronto a receber a versão 3: a linha temporal. Ficam aqui as 3 versões do perfil Facebook, desde 2004 a 2011. O Facebook é hoje A REDE SOCIAL onde 800 milhões de pessoas colocam os momentos da sua vida, as suas opiniões, os artigos de que gostam, as suas fotos.
Para muitos a rede de amigos e conhecidos virtuais está hoje estabelecida. O que falta? Mostrar de nova forma o que antes se partilhou de modo a representar a sua via. É uma das novidades apresentadas pelo Facebook na sua conferência de programadores a 22 de Setembro 2011.

A evolução do Facebook seguiu o modelo de uma conversa entre duas pessoas

Os primeiros 5 minutos:
O primeiro perfil lançado em 2004 - o separador INFO, apresentado quem somos: data e local de nascimento, morada,  emprego, família, passatempos, gostos

  • Drama do dependente social: quem sou eu? Será que alguém vai notar que esta foto de perfil não é recente?

Os seguintes 15 minutos:
O segundo perfil lançado em 2008 - O MURAL: o que andamos a fazer recentemente, o que vimos de interessante.

  • Drama do dependente social: será que arranjo coisas interessantes para mostrar? Porque é que fico sempre tão mal nas fotos?

    O resto da conversa
    E chegámos a 2011 em que será lançada a versão 3 do perfil - a Linha temporal: são os momentos mais importantes da sua vida. Organizada por anos: toda a vida, todas as aplicações, uma nova forma de se expressar.

    • Drama do dependente social: Será que a minha vida teve mesmo alguns momentos de interesse?
    Agora é esperar que o sistema seja aplicado a todos os utilizadores!
    Inscrever-se para ativar a Timeline

    Juntando esta novidade ao novo modelo de aplicações o Facebook e à reorganização das fotos e das listas de amigos,o Google+ vai ter de se reinventar!
    E já agora, ao ver a própria linha temporal do Facebook é fácil de ficarmos impressionados com o pouco tempo que algumas funcionalidades têm mas da importância que já alcançaram:

    [ Ler Mais ]

    Bloqueio de escritor


    Cartoon de Bandeira

    [ Ler Mais ]

    Invenção das notas de rodapé

    Cartoon de Bandeira

    [ Ler Mais ]

    Acordo ortográfico: os links fundamentais!

    Tudo o que precisa ter à mão sobre o acordo ortográfico num documento GoogleDocs para guardar ou imprimir. É um documento onde vou guardando os endereços mais importantes sobre o assunto (4 páginas)


    - Documento: "Acordo Ortográfico: guias e utilidades"
    - Estrutura das 4 páginas do documento Word/PDF

    A- Normativos
    B - Utilitários informáticos
    B1- Verificação Ortográfica
    B2- Conversão em linha (texto)
    B3- Conversão de documentos
    C - Guias de aplicação
    C1- Guias de referência
    C2- Apresentações
    C3- Materiais e atividades
    C4- Documentos de Escolas
    D- VOLP
    E- Sítios de referência
    F- Compilações do texto do acordo
    G- Partilhar e divulgar

    Disponível em: https://docs.google.com/document/d/1ToKU9Ao2FS1ej972aB5isDXodoS5fc7myT1IJvPyUgI/edit?hl=pt_PT

    [ Ler Mais ]

    A menina que detestava livros (2006)

    Para inspirar o primeiro dia de aulas deste ano, fica o filme de animação "The Girl Who Hated Books" (2006).


    Realização de Jo Meuris
    Baseado no livro de Manjusha Pawagi (ver transcrição)

    Boas leituras em mais um ano escolar que começa!

    [ Ler Mais ]

    Narrativa oral e desenvolvimento cognitivo das crianças

    A narrativa oral é muito importante no desenvolvimento cognitivo das crianças. E o que é defendido na tese de doutoramento de Priscila Peixinho Fiorindo na Universidade de São Paulo, Brasil. No estudo intitulado "O papel da memória construtiva na produção de narrativa oral infantil a partir da leitura da imagem em sequência" (2009), Priscila Fiorindo analisou crianças com 5, 8 e 10 anos e identificou como elas utilizam os mecanismos de funcionamento do cérebro que envolvem as memórias de curto e longo prazo.

    "Ao propor a narrativa oral como disciplina no ensino infantil, Priscila Fiorindo afirma que a escola estará valorizando a linguagem oral. “Ao narrar uma história, a criança demonstra seu vocabulário e sua capacidade de estruturar o próprio pensamento, inclusive no tempo — início, meio e fim —, muito mais que na escrita”, argumenta. Outro aspeto levantado pela pesquisadora é a interação que a oralidade permite. “Ao escrever, não há uma interação das expressões, é apenas uma (a escrita). Na narrativa oral, a criança utiliza expressões físicas, a entoação da voz e das palavras, de acordo com o que ela quer passar. Ela é a dona da história”, aponta a linguista"

    Fonte: http://www.em.com.br/

    [ Ler Mais ]

    Ana Bacalhau era Arquivista

    Sabia que... a vocalista dos Deolinda trabalhou até há pouco tempo como Arquivista?
    Licenciou-se em Línguas e Literaturas Modernas, na vertente de língua portuguesa e língua inglesa, possuindo ainda uma pós-graduação em ciências documentais.


    Profissionalmente foi professora de inglês e trabalhou 3 anos como arquivista, no Ministério das Finanças, no controlo da qualidade dos microfilmes face às fontes papel de documentos com mais de 30 anos.
    A música começou como um passatempo e antes dos Deolinda foi ainda vocalista do grupo Lupanar. Em 2008 dizia numa entrevista à revista Caras: "Depois de um dia a arquivar, tenho mesmo de cantar!"

    Em Março de 2009 abandonou a sua profissão para se dedicar profissionalmente ao grupo Deolinda, que dera o primeiro concerto em Junho de 2006.

    Perdeu-se uma arquivista...

    Deolinda: "Um contra o outro"


    Deolinda: "Fado Toninho"


    Deolinda: "Clandestino"


    Wikipédia: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ana_Bacalhau
    Foto: Mike Sergeant/Revista Caras

    [ Ler Mais ]

    One Day (2011) - Nos cinemas

    20 anos, duas pessoas, um dia. É a história de Dexter e Emma, que depois de passarem uma noite juntos na formatura da faculdade em 15 de julho de 1988, passam a encontrar-se nesse mesmo dia, durante 20 anos. Destinados a ser amigos? O filme mostra-nos a vida e os amores dos dois ao longo desse tempo e dos momentos em que, apesar das alterações nas suas vidas pessoais, se conseguem encontrar. Ela inteligente e com consciência social mas para quem o sucesso implica muito trabalho; ele bem sucedido, playboy e embrenhado na sociedade de consumo. As suas vidas levam-nos em diferentes direções. Um dia percebem que pertencem um ao outro.

    Título Original: One Day
    Título traduzido: Um dia




    Cada dia 15 de julho é marcado por uma música no rádio, um filme em exibição, uma capa da revista People (com a homem mais sexy do ano), uma tendência de moda, o livro mais vendido de ficção e outro de não-ficção, uma notícia em destaque... e duas pessoas.

    Veja a linha temporal aqui: http://focusfeatures.com/interactive/one_day_timeline?film=one_day . Para quem ande nos 40 é um autêntico filme/álbum de recordações.



    Realizador: Lone Scherfig
    Data: 2011
    Intérpretes: Anne Hathaway, Jim Sturgess, Patricia Clarkson
    Sítio oficial: http://focusfeatures.com/one_day
    Ficha técnica: IMDB



    Baseado no best seller"One Day" de David Nicholls (que é também o argumentista)

    "I love you, Dex, so much. I just don't like you anymore. I'm sorry!"

    Ver detalhes e excerto do livro: www.davidnichollswriter.com/one_day

    [ Ler Mais ]

    Hoodwinked Too (2011) - Nos cinemas


     Este filme de animação é a sequela do filme Hoodwinked! (2004) ou seja, a continuação da “verdadeira” história do Capuchinho Vermelho.

    Todos sabemos que os contos de fadas precisam de um final feliz. Isso não acontece por acaso mas sim pela existência de uma agência especial, a FPS (Felizes Para Sempre) que zela para que nada aconteça que possa colocar em causa o sucesso dos contos de fadas.  O problema é que Hansel e Gretel foram raptados por uma bruxa malvada. Capuchinho Vermelho, Lobo Mau, Avozinha e Twitchy vão ser chamados para constituírem uma brigada especial e resolverem o assunto.

    Título original: Hoodwinked Too! Hood vs. Evil
    Título traduzido: Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura


    Realizador: Mike Disa
    Ano: 2011

    Ficha Técnica: IMDB


    [ Ler Mais ]

    Como escrever para crianças

    Para muitas pessoas o fim de agosto significa o fim das férias. É nesta altura que mais se pensa em trabalhar em casa e nada como ter algumas ideias interessantes.
    Se pensou em ser escritor, por exemplo de livros para crianças, então perca uns minutos a ler algumas dicas para futuros escritores.
    Mas não pense que escrever é fácil: quem escreve em casa normalmente faz isso como uma atividade com formato profissional, com horários e metas a cumprir.
    Entretanto pode sempre ir lendo livros!


    Dicas para candidatos a escritores: Write a Children's Book

    [ Ler Mais ]

    Bom 2011/2012 na sua biblioteca escolar

    A festa 2011/2012 nas bibliotecas escolares já começou. Um bom ano para todos os que aí trabalham e para os seus utilizadores. Apareçam!
    Num ano com várias alterações ao nível das bibliotecas escolares, das escolas e do próprio país, o meu lema para este ano escolar é muito realista... sem deixar de ser otimista:

    "Se nem sempre é possível fazer mais com menos, podemos sempre fazer menos e melhor".


    (Vídeo com Supermac18)

    [ Ler Mais ]