Dia Mundial do Livro - Leia Mais, Viva Mais


Campanha LEIA MAIS, VIVA MAIS do IPLB - Instituto Português do Livro e das Bibliotecas para o Dia Mundial do Livro a 23 de Abril nas BIBLIOTECAS da REDE NACIONAL DE BIBLIOTECAS PÚBLICAS
O "Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor" é comemorado, desde 1996 e por decisão da UNESCO, a 23 de Abril, dia de São Jorge.

Para assinalar a data, o Instituto Português do Livro e das Bibliotecas* desafia mais uma vez as Câmaras Municipais, livrarias, canais de televisão e rádio, jornais e revistas a associarem-se à iniciativa. Durante a semana que antecede o "Dia Mundial do Livro" deste ano, e no âmbito dos objectivos do Plano Nacional de Leitura, decorrerá a campanha "Leia Mais, Viva Mais".
Ler: Anúncio da campanha | Notícias da campanha
* é um anúncio de um organismo defunto mas não deixa de ser importante!

[ Ler Mais ]

Preservar o passado digital


Passeio de fim de semana a um site: www.digitalpreservation.gov

Digital Preservation é um site da Biblioteca do Congresso dos EUA que pretende alertar e consciencializar sobre a necessidade da preservação dos documentos digitais, quer das memórias individuais quer colectivas.
Com uma navegação fácil e um aspecto gráfico sóbrio, apresenta um conjunto de iniciativas em que a biblioteca do congresso está envolvida, mas em que todos deveriam participar, apoiando os esforços públicos e desenvolvendo iniciativas individuais para que o futuro não nos desconheça.

Sabia que:
- Os materiais digitais são considerados mais frágeis do que os físicos?
É que podem ser facilmente destruídos e correm o risco de serem guardados em formatos que se tornem obsoletos (impedindo o seu acesso no futuro). Aqui fica patente a necessidade de formatos padronizados e abertos na indústria informática.
- A informação num site web dura em média entre 44 e 100 dias?
Se hoje tanto falamos das técnicas de social bookmarking como um exemplo do sucesso da web2.0, o que acontecerá a todo esse trabalho colectivo daqui a um ano ou dois? Não será a web cada vez mais uma cadeia de "comida-informação rápida"?
- 44% de todos os sites disponíveis na Internet em 1998, tinham desaparecido um ano depois?
Será difícil agora fazer um estudo sobre a influência desses sites na sociedade do seu tempo!

Estas são algumas das razões pelas quais a Biblioteca do congresso está a arquivar páginas web de conteúdo político.


Algumas páginas a visitar neste site:
A preservação da memória digital não é apenas um arquivar de informações para estudos, é igualmente a nossa história que está em jogo. Hoje pouco conseguimos saber sobre diferentes versões de textos clássicos (os livros que compõem a bíblia são um exemplo) e do sentido que tomaram as traduções. Hoje somos diferentes pois esses textos influenciaram organizações sociais. Mas os factos, a história do dia a dia também tem de ser preservada.
A capacidade para reescrever a história ficou claramente apresentada por George Orwell no livro "1984", em que a profissão de bibliotecário, jornalista e publicitário se fundiam numa só com a reconstrução dos textos do passado e a promoção da verdade conveniente no momento.

Ora é isto que as bibliotecas não devem deixar acontecer, é isto que deve ser uma biblioteca digital. Não é apenas disponibilizar documentos, uns livros de literatura para acesso mais fácil/barato. É proteger e validar um passado, passado esse que começa no presente. É preciso arquivar, classificar, organizar, etiquetar digitalmente e... validar o documento. Porque as pessoas têm interesses que podem ser contrários à história.
E volta a velha questão do rato na assembleia de ratos em que se decidiu colocar um guizo no gato... Quem o vai fazer? Vamos deixar aos estados esta função?
A situação política actual em Portugal mostra como é necessário e problemático a preservação da memória digital.
A situação é bem conhecida neste país à beira mar plantado, mas vamos olhar para ela de um ponto de vista diferente. Uma página web com a biografia de uma pessoa foi alterada/revista. Os dados alterados poderiam influenciar opiniões sobre comportamentos e atitudes da referida pessoa (no caso, uma eventual usurpação de títulos académicos e "embelezamento" de currículo).
A maioria das pessoas ouviu dizer que o "A" passou a "B" e que o "C" deixou de estar lá e no seu lugar apareceu o "D"... mas ou nunca tinha visitado essa página ou se o fez nem se lembra do que lá estava escrito. E ficam as dúvidas. Será que foi mesmo mudada?
Há quem tenha a versão anterior em papel, outros fizeram um "printscreen", tudo coisas que um investigador (ou um jornal nos tempos que correm) verá como provas pouco fiáveis. Confirme os desenvolvimentos
aqui e aqui.
O ideal era entrar numa máquina do tempo e ir ver essa página uns tempos antes!
Afinal até pode...ou quase: basta ir ao site www.archive.org e colocar o endereço que se pretende visitar no tempo... são só 85 mil milhões de páginas arquivadas. Depois de colocado o endereço, surgem as datas de alteração e é só visitar (ao navegar num site aguarde alguns segundos para que os links das páginas sejam carregados com as versões arquivadas e não com a actual)

E agora compare:
A actual versão: www.portugal.gov.pt/Portal/PT/Primeiro_Ministro/Biografia
entretanto o site teve uma alteração de sistema informático e os links agora são outros!
A versão anterior:
http://web.archive.org/web/20060212000311 (13/2/2006)

A memória digital permitiu-lhe ter acesso a dados factuais e elaborar opiniões baseadas em factos... e até mesmo visualizar mais versões da mesma página em http://web.archive.org/web/*/http://www.portugal.gov.pt/Portal/PT/Primeiro_Ministro ou continuar a navegar pelas biografias dos membros do governo em http://web.archive.org/web/*/http://www.portugal.gov.pt/

Como serão contadas estas "estórias" daqui a 10 anos?! A história sem documentos físicos será sempre uma história diferente!

[ Ler Mais ]

Mostra: software para bibliotecas e arquivos

Mostra de soluções informáticas para bibliotecas e arquivos - ESA 2007


A Escola Secundária de Albufeira irá realizar uma mostra de software para bibliotecas e arquivos, com sessões de demonstração promovidas por empresas do ramo, nas quais serão apresentadas as respectivas soluções para trabalho em bibliotecas e arquivos.

Data: 17 Abril 2007 (terça-feira)
Local: Escola Secundária de Albufeira - Albufeira

Este evento destina-se a responsáveis e técnicos de bibliotecas e arquivos municipais, universitários e institucionais bem como coordenadores e técnicos de bibliotecas escolares da região do Algarve, embora esteja aberto a outras entidades e regiões.

O evento será gratuito mas requer inscrição prévia : utilize o formulário disponível em www.biblioteia.com

Do programa consta uma sessão geral com apresentação de soluções informáticas para bibliotecas e sessões específicas, em salas distintas, em que cada empresa irá efectuar demonstrações práticas e esclarecimento de dúvidas.
Programas apresentados pelas empresas: Bibliobase (Bibliosoft), Docbase (DID), GIB (Libware), Porbase5 (Mind), WinLIB 2000 (Novabase)
Existirá ainda uma sessão para programas para Arquivos com a apresentação do GAHd (NovaBase) e do X-Arq (Mind).

Programa e ficha de inscrição online em: www.biblioteia.com

[ Ler Mais ]

DHL entrega mais silenciosamente

Era certamente um empréstimo inter-bibliotecas!

[ Ler Mais ]

Incentivo a leitura de periódicos

Decreto-Lei n.º 98/2007, D.R. n.º 65, Série I de 2007-04-02
Aprova o regime de incentivo à leitura de publicações periódicas.

Com este nome pomposo até poderia ser algo interessante, mas afinal é apenas a nova lei do subsídio aos portes das publicações regionais (ou Lei dos Portes)!
No entanto estão lá coisas interessantes para ler, ficando-se a saber qual a tiragem mínima, que são precisos 3 jornalistas, o limite máximo de 50% de publicidade, etc.

Para os jornalistas e editores, as bibliotecas continuam a aceitar ofertas de subscrições... e não se esqueçam das bibliotecas escolares!

[ Ler Mais ]

Teijgeler, René (2007) - Conservação preventiva da herança documental em climas tropicais

Conservação preventiva da herança documental em climas tropicais: uma bibliografia anotada / de René Teijgeler; colaboração: Gerrit de Bruin, Bihanne Wassink, Bert van Zanen; coord. Maria Luísa Cabral ; trad. da ed. rev. Maria Teresa Costa Guerra. Lisboa: BN, 2007. (Publicações técnicas sobre P&C ; 4). . ISBN 978 -972-565-389-0

«Embora o título possa levar a crer que as diversas realidades descritas não se aplicam às condições geográficas circundantes às bibliotecas e arquivos portugueses, os leitores poderão constatar sem dificuldade como está errada a sua dedução. As bibliotecas e arquivos portugueses não se reverão em certas condições extremas das zonas tropicais, mas os leitores ficarão agradavelmente surpreendidos com o manancial de informação que se ajusta às perguntas e necessidades do seu quotidiano.»

[ Ler Mais ]

Dia Internacional do Livro Infantil: Mensagem


Na imagem pode ler a Mensagem às Crianças do Mundo escrita por Margaret Mahy a propósito do Dia Internacional do Livro Infantil que se comemora a 2 de Abril por ocasião do aniversário de Hans Christian Andersen.
O International Children's Book Day (ICBD) é celebrado como forma de inspiração pelo amor à leitura e para chamar a atenção para os livros para crianças.
O tema das comemorações deste ano é "Stories Ring the World". Pode encontrar mais detalhes num artigo anterior deste blogue: http://bibliotequices.blogspot.com

[ Ler Mais ]

10 anos de blogues?

Os meios de comunicação gostam de datas e efemérides, de momentos de "Eureka", de indivíduos e factos para celebrar. As pessoas também. A realidade tem sido avessa a esta visão.
Os noticiários da TV anunciam hoje que os blogues fazem 10 anos, mas as dúvidas quanto ao mês ou até ao ano são muitas... tudo porque afinal o blogue não foi inventado num belo dia por uma única pessoa. Foram diversos os projectos que surgiram por volta de 1997 e com partes das técnicas que hoje identificamos como um blogue (série de artigos comentáveis e apresentados por data).
São igualmente vários os autores que poderiam estar ligados à paternidade dos blogues. Alguns até a reclamam para datas anteriores ao nascimento da Web (sim antes da web já existiam as News e o e-mail!) mas por isso mesmo não podem ser tidos como um verdadeiro Web Log (origem do termo Blog).
E afinal são coisas dos últimos 10 anos, num mundo informatizado. Agora imaginem os erros que a história simplificada das datas e eventos nos transmite ao longo dos últimos milhares de anos.
E porquê 1 de Abril? Porque marca a data do lançamento do Scripting News mas nem eles próprios afirmam terem sido o primeiro blogue, mas apenas uma inspiração... e afinal o serviço até já se tinha iniciado antes (em 27 de Abril 1996).

Curiosidades:
Todas as datas e análise dos factos num excelente artigo da CNET News.com
Outro artigo sobre o mesmo tema (em pt-PT): http://memoriavirtual.net/2007/04/blogosfera/10-anos-de-scripting-news-2/

[ Ler Mais ]