Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

4 Histórias de inalar: pela sua saúde

Ouvir histórias faz bem à saúde. São 4 histórias para serem ouvidas enquanto as crianças com problemas respiratórios usam um inalador. Cada história está associada a uma máscara que se encaixa no inalador.

Esta é uma iniciativa do Hospital pediátrico Clin Kids (Brasil) http://clinkids.com.br/ destinada a crianças em sessões de terapia por inalação, sendo a forma de contornar a resistência das crianças ao uso de inaladores/nebulizadores.

Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=9HEQziWneQY




Ouvir as histórias As histórias têm o tempo necessário ao procedimento de inalação (11 a 13 minutos) e foram criadas com apoio de pediatras.
É só colocar a máscara, os auscultadores e escolher a história no telemóvel.

Para viver cada história você vai ter que respirar bem fundo. Preparado?
A supergalinha Cocof
A tosse dos campeões
A raposa vem aí
Bartô em: Um dia de tirar o fôlego
As histórias estão disponíveis diretamente em Soudcloud ou no sítio:
A inalação virou diversão www.historiasdeinalar.com


Vídeo …
Mensagens recentes

Leituras essenciais Português 12º ano

Estas são as obras literárias para as leituras essenciais propostas para a disciplina "Português" (12.º ano)



A partir do próximo ano lectivo, as aprendizagens essenciais vão substituir as metas curriculares.

Estes documentos estão em consulta pública até 27 de Julho na página da Direcção-Geral da Educação http://www.dge.mec.pt/noticias/consulta-publica-aprendizagens-essenciais


Apesar de insistir que os programas das disciplinas continuam em vigor, o Ministério da Educação indicou ao PÚBLICO que os exames vão passar a avaliar “o que está disposto nas aprendizagens essenciais”. O que acontecerá já em 2019/2020 para os alunos do 11.º ano. Fonte: https://www.publico.pt/2018/07/18/sociedade/noticia/os-maias-deixam-de-ser-leitura-obrigatoria-no-secundario-1838325


Leituras essenciais Português 11º ano

Estas são as obras literárias para as leituras essenciais propostas para a disciplina "Português" (11.º ano)


A partir do próximo ano lectivo, as aprendizagens essenciais vão substituir as metas curriculares.

Estes documentos estão em consulta pública até 27 de Julho na página da Direcção-Geral da Educação http://www.dge.mec.pt/noticias/consulta-publica-aprendizagens-essenciais


Apesar de insistir que os programas das disciplinas continuam em vigor, o Ministério da Educação indicou ao PÚBLICO que os exames vão passar a avaliar “o que está disposto nas aprendizagens essenciais”. O que acontecerá já em 2019/2020 para os alunos do 11.º ano. Fonte: https://www.publico.pt/2018/07/18/sociedade/noticia/os-maias-deixam-de-ser-leitura-obrigatoria-no-secundario-1838325


Leituras essenciais Português 10º ano

Estas são as obras literárias das leituras essenciais propostas para a disciplina "Português" (10.º ano)



A partir do próximo ano lectivo, as aprendizagens essenciais vão substituir as metas curriculares.

Estes documentos estão em consulta pública até 27 de Julho na página da Direcção-Geral da Educação http://www.dge.mec.pt/noticias/consulta-publica-aprendizagens-essenciais


Leituras essenciais da disciplina Clássicos da literatura - 12.º ano

Estas são as obras das leituras essenciais propostas para a disciplina "Clássicos da literatura" (12º ano - Formação específica)

Estes documentos estão em consulta pública até 27 de Julho na página da Direcção-Geral da Educação http://www.dge.mec.pt/noticias/consulta-publica-aprendizagens-essenciais
A partir do próximo ano lectivo, as aprendizagens essenciais vão substituir as metas curriculares.

Disciplina: CLÁSSICOS DA LITERATURA (12.º ANO - Formação Específica):
Clássicos da Literatura é uma disciplina especificamente orientada para o aprofundamento de aprendizagens relacionadas com a educação literária. Visa promover o conhecimento do património literário europeu e educar o gosto literário, aprofundando hábitos de leitura. Para tal, preconiza-se não só o alargamento e a especificação de critérios de apreciação literária, mas também a promoção da leitura autónoma e crítica. São ainda finalidades desta disciplina o desenvolvimento de valores pessoais e interpessoais de na…

Apoios a Livrarias com Selo de Mérito Cultural

As livrarias que receberem um Selo de Mérito Cultural vão beneficiar de apoio financeiro do Ministério da Cultura para ações de promoção do livro e da leitura.
De acordo com o despacho no dia 3 de Julho de 2018, as livrarias selecionadas - abertas ao público pelo menos há dois anos - recebem, em cerimónia pública, um diploma e o Selo de Mérito Cultural impresso e apoio financeiro, através da Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB), para até três ações de promoção do livro e da leitura a desenvolver anualmente.

Também beneficiam de uma campanha nacional em órgãos de comunicação social promovida pelo Ministério da Cultura, e destaque na página da Internet e redes sociais das instituições que integram a Comissão de Avaliação que irá analisar as candidaturas.



Podem candidatar-se as livrarias do território continental português, que cumpram os seguintes critérios:

a) Serem pessoas coletivas dotadas de personalidade jurídica;b) Possuírem Código de Classificação das Ati…

Como publicar o seu livro em 12 passos

A autora e editora Rita Canas Mendes conta os passos necessários para passar a ser um autor com obra publicada. “Há três grandes vias para a publicação de um original: através de um concurso literário para obras inéditas; através de uma editora tradicional; através da autopublicação. No entanto, foquemo-nos nas editoras convencionais, sempre a hipótese mais desejada”, diz Rita Canas Mendes.

Eis o passo-a-passo: 1- Garanta que o seu manuscrito está concluído e imaculado do ponto de vista ortográfico, sintático e gramatical. Se necessário, contrate um revisor de texto.

2- Poupe-se a dores de cabeça e a perdas de tempo e dinheiro – procure compreender de antemão como funciona o mundo editorial.

3- Estude o mercado. Veja que editoras poderiam ter interesse no seu livro e quais lhe parecem mais interessantes.

4- Procure os contactos certos (e mais diretos possíveis) e planeie a sua abordagem.

5- Contacte as editoras escolhidas e não se admire se não obtiver respostas imediatas (ou até se …