Lee Rainie: novos meios, atitudes novas



Lee Rainie na conferência anual BayNet, a 6 de Maio 2011 na biblioteca pública de São Francisco, EUA.
Lee Rainie é o director do projecto "Pew Research Center’s Internet & American Life Project" e aqui apresenta as últimas pesquisas do projecto sobre como os Americanos utilizam a Internet e os telemóveis. Aborda ainda o modo como as bibliotecas podem ser activas na construção das redes sociais- A utilização dos media sociais como o Facebook, Twitter e blogues são os meios para levar até aos seus utilizadores tradicionais os serviços já conhecidos da própria biblioteca. As pessoas vinham à biblioteca, agora é altura das bibliotecas irem ter com as pessoas, pessoas que continuam a mostrar diversidade apesar de usarem meios uniformizados. Cabe ás bibliotecas públicas conseguirem perceber essa diversidade e fornecerem os serviços adequados. Para isso também é preciso uma alteração da métrica do sucesso, como e o que medir. Nas redes sociais as instituições não comerciais como as bibliotecas, devem procurar avaliar não tanto o seu nível de "Outputs" (quantidade de seguidores, visualizações) mas sim de "Outcomes" (resultados desse conhecimento). É o envolvimento dos leitores e sua interacção nas redes sociais (respostas a questões, partilha de opiniões, etc) que pode constituir uma mais valia para as bibliotecas que de espaços físicos se transformam em recursos sem espaços ("placeless resource").