Avançar para o conteúdo principal

Escola Digital - Açores

O Diário dos Açores de 15 Novembro noticia o Projecto “Corvo Digital” que vai transformar a ilha do Corvo:

«(...) vai colocar a mais pequena ilha dos Açores, onde residem cerca de 420 habitantes, na dianteira, a nível nacional, no que respeita às condições de conectividade à Internet por banda larga, utilizando tecnologia sem fios. O centro deste projecto, da responsabilidade da Direcção Regional da Ciência e Tecnologia, será a Escola Básica Integrada Mouzinho da Silveira, a cujos alunos e docentes foram hoje distribuídos, a título de empréstimo, 35 computadores portáteis, de um conjunto de 50 unidades, à guarda da biblioteca da escola.Álamo Meneses explicou que este sistema não se destina apenas a ser implementado nos espaços fechados da escola, mas, também, em zonas abertas, em praticamente toda a vila, envolvendo alunos, professores e a população em geral.Graças a este projecto, continuou o governante, a Escola Básica Integrada Mouzinho da Silveira passará a ser uma escola de referência, não só a nível nacional mas também internacional, e terá também, a partir de agora, a maior biblioteca escolar dos Açores.»

Parabéns a quem projectou. É de projectos assim que o país necessita: inovação, ousadia, desenvolvimento, tecnologia, cultura (a ordem é irrelevante!). Reparem em algumas ideias fortes do projecto: biblioteca escolar, acesso sem fios, envolvimento da população, portáteis, transformação da comunidade envolvente.
Bom trabalho a quem vai implementar, tendo já visível consciência da projecção nacional e internacional do projecto. Estaremos todos atentos aos desenvolvimentos e a "torcer" pelo sucesso. Um projecto só é bom quando serve / marca as pessoas a quem se dirige e também se possa replicar em situações e contextos diferentes.

Impossível de chegar a todos? claro! Mas o automóvel é igualmente um recurso que poucos podem ter e não foi por isso que não se construiram estradas! Na educação há que deixar de ser miserabilista e nivelador por baixo. As nossas escolas não podem ser armazéns das 8 às 18.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Tabela CDU disponível online

A tabela CDU está disponível online e em português.
Corresponde à versão "Sumário" com 2000 entradas (das 68000 da tabela completa)

A Biblioteca Nacional de Portugal está de parabéns pelo trabalho realizado e disponível pela licença Creative Comons. Aqui ficam os créditos do trabalho:



Na entrada do site temos um painel do lado esquerdo com as classes e tabelas auxiliares:

Ao carregar numa dessas tabelas surgem as suas notações principais. Se clicarmos numa notação surge do lado direito a explicitação dessa notação e notações relacionadas, sendo possível de navegar entre as relacionadas.


Ainda existem funcionalidades por implementar, não existe pesquisa (e nem parece que vá existir), o número de notações é pequeno em relação ao publicado em livro mas a navegação é fácil e agradável.
Ainda não estão traduzidas as explicações e exemplos... mas quem quiser pode colaborar!.
Claro que quem já trabalhou com a tabela inglesa, em que as notações se podiam pesquisar por palavra ou me…

Elsa Conde e Teresa Calçada no PNL2017

A implementação e monitorização do Plano Nacional de Leitura até 2027 ficará sob responsabilidade de uma comissão que inclui os Ministérios da Educação, Cultura e Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.
A comissão interministerial a ser presidida por Teresa Calçada e Elsa Maria Conde estará dependente do Ministério da Educação, em articulação com as tutelas da Cultura e da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Objetivo: "Fazer uma aposta abrangente na leitura, seja a literária, científica, em papel ou noutros suportes" (Teresa Calçada).

O PNL quer agora “levar a leitura a outras esferas da sociedade”, mostrando que esta “não é apenas património de alguns” e promovendo hábitos de leitura ao longo da vida: junto de famílias, crianças, jovens e adultos. E, sem descurar o papel das bibliotecas escolares, pretende-se criar condições para a promover nas instituições de ensino superior e da rede de centros de Ciência Viva.

“Em todos os locais onde seja possível dizer 'ler é bom…

Se conduzir... não leia!

Se conduzir não leia... mesmo que seja James Patterson!

O condutor de 53 anos dá uma desculpa, de arrepiar, sobre a sua condução errática: estava a ler o último thriller de James Patterson.
Foi multado por não conduzir com o devido cuidado (EUA, Minnesota).

Se conduzir não leia!


YouTube - https://youtu.be/THSDhl07Vt0

Saiba mais sobre James Patterson.

Original em TODAY.com (22/01/2016) - Distracted driver's excuse to cop: I was reading James Patterson