Noite de consoada

O Natal é uma construção de vários séculos com recolha e adaptação da tradições de vários países. A literatura assumiu um papel importante, na divulgação tal como na criação de tradições. O exemplo mais claro é o do poema "Uma visita de São Nicolau" de Clement Moore e conhecido pela abertura "Twas the Night before Christmas Poem":

Twas the night before Christmas, when all through the house
Not a creature was stirring, not even a mouse.
The stockings were hung by the chimney with care,
In hopes that St Nicholas soon would be there.

Este poema foi publicado em 23 Dezembro de 1823, num jornal de Nova York e mais tarde atribuído a Clement Clarke Moore que o escrevera para os seus filhos. É o poema responsável pela imagem do Pai Natal a colocar prendas nas meias e a voar com renas. A rena Rudolph só apareceu mais tarde num poema de Robert L. May!
No caso do "São Nicolau" A inspiração surgiu numa obra "History of New York" de Dietrich Knickerbocker (Washington Irving) que falava de Sinterklaas, uma figura holandesa associada a S. Nicolau, que montado num cavalo voador atirava presentes pelas chaminés. O poema de Moore será publicado mais tarde sob o nome “A Visit of St. Nicholas” sendo ainda hoje tradição, nos EUA, ler este poema às crianças na noite de natal.
Os primeiros desenhos inspirados nesta obra foram os de Thomas Nast em 1881, mas na altura ainda era parecido com um gnomo. É depois outro artista, Habdon Sundblom, a trabalhar para a Coca Cola que vai durante alguns anos (nos anúncios entre 1931 a 1964) aprimorar o desenho até à imagem que todos conhecemos actualmente … sendo que a cara do pai natal se tornou um auto-retrato!


Links:

"Happy Christmas to all, and to all a good-night!"