Pesquisa na APEL

De volta ao computador depois de uns dias de natal andei a passear por uns blogs vizinhos e encontrei no http://cienctdi.blogspot.com uma referência ao serviço de pesquisa da APEL (Associação Portuguesa de Editores e Livreiros).
Testei com uma pesquisa sobre "Brown, Dan" e outra de "Queirós, Eça" (esta sem resultados... porque devia ter sido escrito com Z !). Para quem cataloga ... é uma desilusão e até dói olhar para o Unimarc (a colecção "Nada" ... é um sucesso!). O objectivo será outro... mas as vendas e a catalogação não têm de andar de costas voltadas!
No entanto pode ser que dentro de uns tempos em vez de irmos ao site de uma livraria para saber qual a editora do livro de que ouvimos falar por ter sido publicado recentemente... passaremos a visitar o site da APEL. Curiosidade: fica-se a conhecer o mês da edição.
Por exemplo consegui identificar a autora de um livro que ofereci: Nedjma - A Amêndoa.
Em termos tecnológicos, e pelo que se vê no site, a plataforma foi desenvolvida pela Mind e tem um óptimo aspecto (muito melhor que o tradicional Pacweb da Mind).

[ Ler Mais ]

Noite de consoada

O Natal é uma construção de vários séculos com recolha e adaptação da tradições de vários países. A literatura assumiu um papel importante, na divulgação tal como na criação de tradições. O exemplo mais claro é o do poema "Uma visita de São Nicolau" de Clement Moore e conhecido pela abertura "Twas the Night before Christmas Poem":

Twas the night before Christmas, when all through the house
Not a creature was stirring, not even a mouse.
The stockings were hung by the chimney with care,
In hopes that St Nicholas soon would be there.

Este poema foi publicado em 23 Dezembro de 1823, num jornal de Nova York e mais tarde atribuído a Clement Clarke Moore que o escrevera para os seus filhos. É o poema responsável pela imagem do Pai Natal a colocar prendas nas meias e a voar com renas. A rena Rudolph só apareceu mais tarde num poema de Robert L. May!
No caso do "São Nicolau" A inspiração surgiu numa obra "History of New York" de Dietrich Knickerbocker (Washington Irving) que falava de Sinterklaas, uma figura holandesa associada a S. Nicolau, que montado num cavalo voador atirava presentes pelas chaminés. O poema de Moore será publicado mais tarde sob o nome “A Visit of St. Nicholas” sendo ainda hoje tradição, nos EUA, ler este poema às crianças na noite de natal.
Os primeiros desenhos inspirados nesta obra foram os de Thomas Nast em 1881, mas na altura ainda era parecido com um gnomo. É depois outro artista, Habdon Sundblom, a trabalhar para a Coca Cola que vai durante alguns anos (nos anúncios entre 1931 a 1964) aprimorar o desenho até à imagem que todos conhecemos actualmente … sendo que a cara do pai natal se tornou um auto-retrato!


Links:

"Happy Christmas to all, and to all a good-night!"

[ Ler Mais ]

Merry Christmas

Um pai natal cantar ... "Oh, Oh, Oh... Merry Christmas" ? ... "isso não te pertence mais"! (esta frase deve ser lida com sotaque brasileiro para os fans da Zorra Total)

Hoje em dia em alguns estados dos EUA não se recomenda a utilização de expressões como Merry Christmas" (Feliz Natal) por ter implicações religiosas.
Assim recomenda-se a utilização de expressões como "Season's greetings" ou "Happy holidays". A "moda" é proibir a utilização da expressão "Merry Christmas" nos locais de trabalho ou em escolas acontecendo o mesmo em relação a práticas como canções de natal, trocas de presentes e cartões de natal, ou vendas de pinheiros de natal em organismos oficiais ... tudo para evitar que algumas pessoas sintam qualquer 'desconforto' nas celebrações.

Estão a ver o estilo: "alegadamente" para não ofender os clientes que praticam o Hanukkah ou o Kwanzaa, os empregados das principais lojas de vendas como a Sears, Kmart, Kohl's, Wal-Mart, Costco, Target, B.J's) devem dizer "Happy holidays". Contudo se a expressão "Merry Christmas" desapareceu das publicidades dessas lojas .. lá dentro ... vende-se o Natal a toda a força ...e actualmente a Sears já voltou a utilizar "We wish you a merry christmas" na sua campanha.

Ou o caso de uma escola em que a árvore de natal terá de ter um outro nome ('community tree', 'paradise tree', 'friendship tree', 'giving tree', 'world tree' ou 'holiday tree') só porque está num local público. é que em vez de Natal ... a época já é chamada de "Festivals of Lights,” “Winter Pageants,” e “Year End Celebrations”. E isto tudo num dia que é feriado nos EUA desde 1870, por ser Natal.

Por esta altura da leitura já disseram várias vezes que os americanos são uns exagerados ... pois ... mas lembram-se da retirada de crucifixos de uma meia dúzia de escolas por poderem colocar em causa a igualdade entre religiões? O princípio é o mesmo, mais limpo, menos exagerado, mas o mesmo princípio!

Bom mas o que me interessou nesta questão, e por isso o escrevo aqui, não foi o elemento religioso (que até nem me incomoda)... mas o literário. Ao que parece a expressão "Merry Christmas" não é de nenhum Rei Mago, Papa ou personalidade da Igreja Católica, é antes uma expressão cunhada por Charles Dickens na sua obra "Um conto de Natal" é que passou a ser popularizada.. e isto foi em 1843 na Anglicana Inglaterra.
Numa frase ... "Many had used the word 'merry' before Charles Dickens entered this world, and many more had used the word 'Christmas,' but never before had those two words been brought into such felicitous contact as when they were addressed to an irascible old goat such as Ebenezer Scrooge."
A christmas carol

Como nota complementar Clement Clarke Moore no poema fundador das tradições natalícias modernas "Twas the night before Christmas" publicado em 1822 ainda não usava o "merry" mas estava lá quase pois o São Nicolau despedia-se com uma frase que se tornou famosa: «Happy Christmas to all, and to all a good-night!».

Em todo o caso coloquem num motor de pesquisa a frase: "Merry Christmas religious bias" .... e vejam o que aparece!

Não esquecendo que este é um assunto trazido a público pela cadeia de televisão FOX ... não fica como sendo um assunto exclusivo dos States.
Como exemplo, aqui vai um email, muito politicamente correcto, que recebi do mYEurope, um projecto de educação europeu (SchoolNet) promovido pela Comunidade Europeia:

«Merry Christmas and A Happy New Year in 2006!
For those of you who do not celebrate Christian festivals, our season's greetings and all the best wishes for a happy and prosperous New Year! Have a relaxing school break!»

Aguardem pela Páscoa ... ou será pelo Dia dos ovos de chocolate e do coelhinho branco ?!!!

Links a não perder:

[ Ler Mais ]

Prenda de natal

Oh, o natal essa bela época de compras eufóricas, das prendas úteis às prendas (in)úteis e, enquanto penso o que comprar ... acho que um livro é sempre uma boa prenda. Seja que tipo de literatura for, independentemente do conteúdo e do tamanho, não existem maus livros .. mas apenas maus leitores. Os bons livros? Esgotados: «If it's a good book, it's out of stock. If it's an excellent book, it's out of print.»
Eu cá para mim acho que este natal mereço terminar o Guia Galático do Pendura, já li o 2º e o 3º volume (claro que comecei pelo 3º e terminei o 2º antes do 3º) pelo que só faltam 3 para terminar a triologia! Confuso? Vê-se que ainda não leu Douglas Adams o que é uma falha em qualquer apreciador de sátira, comédia e ficção científica ou de quem goste de pensar: http://www.douglasadams.com/

The Guide is definitive. Reality is frequently inaccurate.
Douglas Adams (The Restaurant at the End of the Universe)

Neste dia em que se pedem coisas boas para o mundo ... ofereça um livro e faça nascer mais um leitor.

Para terminar e sem ser o que promete, aqui fica a escolha do Pai Natal:

Nota: Os cinco livros do Guia Galático do Pendura são tomados por uma triologia ... inicialmente prevista para quatro partes. Certo que não é uma triologia... mas é um facto famoso da própria obra:
Numa entrevista ao autor:
"What made you write a trilogy in four (later 5) parts?
A poor grasp of arithmetic."
http://www.douglasadams.com/creations/hhgg.html

"Don't Panic" ... leiam os livros, vejam o DVD, ouçam os Cd's e joguem o jogo

[ Ler Mais ]

ALA - TaskForce bibliotecas escolares

Nos Estados Unidos da América as dificuldades económicas que as bibliotecas públicas e escolares têm sofrido levaram ao seu encerramento ou funcionamento em horários reduzidos em muitos locais. E isto num país que instituiu ambiciosos planos de leitura como o “reading first” integrado no projecto “No Child Left Behind” .
A Associação Americana de Bibliotecas (ALA), tendo em conta estudos que apresentam o impacto positivo das bibliotecas escolares no desempenho escolar dos alunos, apresentou em 2003 uma resolução sobre as bibliotecas escolares. Aí defendia-se a necessidade da existência de fundos próprios para bibliotecas escolares que deveriam ainda ser dirigidas por profissionais certificados.
No sentido de implementar esta resolução, a mesma associação criou em Julho uma comissão especial sobre Bibliotecas escolares que irá apresentar um relatório em Janeiro de 2006 onde deverá analisar:
  • Análise do estado do serviço de bibliotecas escolares nos EUA.
  • Identificar as questões e temas que afectam as bibliotecas escolares e os especialistas de informação em bibliotecas escolares.
  • Avaliar opções de resposta a estas questões.
  • Apresentar recomendações para estratégias a serem implementadas pela ALA de modo a reforçar as bibliotecas escolares a nível nacional.

Seria interessante ver um trabalho destes em Portugal, mas em todo o caso vamos ficar atentos ao relatório dos “states” lá para Janeiro.

Links:

[ Ler Mais ]

Letras de natal

Com o começo da época de natal, o som das músicas de natal enche o ar. São músicas simples, melodiosas, mas essencialmente bons veículos para os poemas que constituem as suas letras.
Note-se que quase todas foram inicialmente poemas e só depois musicados, apesar dos compositores terem sido mais famosos que os poetas!
Como tributo aos autores das letras deixo aqui uns segmentos de letras das melhores músicas de natal e seus autores. Para ver toda a letra veja os sites que aponto no fim.

A selecção teve em conta a popularidade das canções, estandol representados uma variedade de países (entre os quais Portugal).
Sempre que possível é indicada a data de publicação.

Começamos com a música das músicas de natal e terminamos com o poema dos poemas de natal:

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
A música mais famosa, inicialmente alemã mas hoje por todos conhecida na versão inglesa:

Stille Nacht
Letra: Rev. Joseph Mohr, 1816
Musica: Franz Gruber, 1818

1. Stille Nacht! Heil'ge Nacht!
Alles schläft; einsam wacht
Nur das traute hoch heilige Paar.
Holder Knab' im lockigten Haar,
Schlafe in himmlischer Ruh!

... popularizada pela tradução de John Freeman Young, 1876:
Silent night

Silent night, holy night
All is calm, all is bright
Round yon Virgin Mother and Child
Holy Infant so tender and mild
Sleep in heavenly peace
Sleep in heavenly peace

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Adeste Fideles
["Hymn on the Prose for Christmas Day" conhecido como Prosa In Nativitáte Dómini, Portuguese Hymn, e Adeste, Fidelis
Letra e Música: John Francis Wade, circa 1743 / 4

1. Adeste Fideles laeti triumphantes,
Veníte, veníte in Bethlehem.
Natum vidéte, Regem Angelorum:

Veníte adoremus,
Veníte adoremus
Veníte adoremus Dóminum

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Rudolph The Red-Nosed Reindeer
Letra: Robert L. May (c) 1947
Musica: Johnny Marks

Rudolph, the red-nosed reindeer
had a very shiny nose
and if you ever saw it
you would even say it glows.

~~~~~~~~~~~~~~~~
Deck the Halls
Tradicional - Gales

Deck the halls with boughs of holly, Fa la la la la la la la!
'Tis the season to be jolly, Fa la la la la la la la!
Don we now our gay apparel, Fa la la la la la la la!
Troll the ancient Yuletide carol, Fa la la la la la la la!

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Jingle Bells
(Título original "One-Horse Open Sleigh")
James Lord Pierpont, 1857

Dashing through the snow
On a one-horse open sleigh,
Over the fields we go,
Laughing all the way;
Bells on bob-tail ring,
making spirits bright,

What fun it is to ride and sing
A sleighing song tonight

Jingle bells, jingle bells,
jingle all the way!
O what fun it is to ride
In a one-horse open sleigh

~~~~~~~~~~~~~~~~~
White Christmas
Irving Berlin, 1942

I'm dreaming of a white Christmas
Just like the ones I used to know
Where the treetops glisten
and children listen
To hear sleigh bells in the snow.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Let It Snow!
Letra: Sammy Cahn
Musica: Jule Styne, 1945

Oh, the weather outside is frightful,
But the fire is so delightful,
And since we've no place to go,
Let it snow, let it snow, let it snow.

~~~~~~~~~~~~
We Wish You A Merry Christmas
Tradicional - Inglaterra

We wish you a merry Christmas
We wish you a merry Christmas
We wish you a merry Christmas
And a happy New Year.
Glad tidings we bring
To you and your kin;
Glad tidings for Christmas
And a happy New Year!

~~~~~~~~~~~~~~~
Santa Claus Is Coming To Town
Letra & Musica: J. Fred (John Frederick) Coots and Henry Gillespie, 1932

You better watch out
You better not cry
Better not pout
I'm telling you why
Santa Claus is coming to town

He's making a list,
And checking it twice;
Gonna find out Who's naughty and nice.
Santa Claus is coming to town

~~~~~~~~~~~~~~~~
Sleigh Ride
Letra: Mitchell Parrish, 1950
Musica: Leroy Anderson, 1948,

Just hear those sleigh bells jingling,
ring ting tingling too
Come on, it's lovely weather
for a sleigh ride together with you,
Outside the snow is falling
and friends are calling "Yoo hoo,"
Come on, it's lovely weather
for a sleigh ride together with you.

Giddy yap, giddy yap, giddy yap,
let's go, Let's look at the show,
We're riding in a wonderland of snow.
Giddy yap, giddy yap, giddy yap,
it's grand, Just holding your hand,
We're gliding along with a song
of a wintry fairy land.

~~~~~~~~~~~~
Have Yourself A Merry Little Christmas
Letra: Ralph Blane
Musica: Hugh Martin, 1943

Have yourself a merry little Christmas,
Let your heart be light
From now on,
our troubles will be out of sight
Have yourself a merry little Christmas,
Make the Yule-tide gay,
From now on,
our troubles will be miles away.

~~~~~~~~~~~~
Campana sobre campana

Tradicional - Andaluzia

Campana sobre campana
Campana sobre campana!
Asomatea la ventana
Veras a un Nino en la cuna.

"Belen, campana de Belen,
Que los angeles tocan
Que nuevas me traois?"

~~~~~~~~~~
En cette nuit
Tradicional - França, séc.19

En cette nuit,
D’où vient donc sur la terre
Cette vive lumière
Qui nous éblouit?
Ne craignez pas,
Préservez vos pas,
Bergers, c’est le Messie
Qui vient ici bas.

~~~~~~~~~~~

Joy to the World
Letra: Isaac Watts, 1719
Musica: George Frederick Handel (1685-1759).

Joy to the world, the Lord is come!
Let earth receive her King;
Let every heart prepare Him room,
And Heaven and nature sing,
And Heaven and nature sing,
And Heaven, and Heaven, and nature sing.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Minuit, chrétiens

Letra - Placide Cappeau de Roquemaure, 1847
Música - Adolphe Charles Adam

Minuit, chrétiens,
C'est l'heure solennelle
Où l'Homme Dieu descendit jusqu'à nous
Pour effacer la tache originelle
Et de son père arrêter le courroux.
Le monde entier tressaille d'espérance
En cette nuit qui lui donne un sauveur.
Peuple à genoux,
Attends ta délivrance!
Noël! Noël!
Voici le Rédempteur!
Noël! Noël!
Voici le Rédempteur!

Também famosa pela tradução de John S. Dwight: Oh holy night!

Oh holy night!
The stars are brightly shining
It is the night of the dear Savior's birth!
Long lay the world in sin and error pining
Till he appear'd and the soul felt its worth.
A thrill of hope the weary world rejoices
For yonder breaks a new and glorious morn!
Fall on your knees
Oh hear the angel voices
Oh night divine
Oh night when Christ was born
Oh night divine
Oh night divine

~~~~~~~~~~~
Natal

tradicional - Portugal (Évora)

O menino está dormindo
O menino está dormindo
Nas palhinhas, despidinho,
Os anjos lhe 'stão cantando
Os anjos lhe 'stão cantando
Por amor tão pobrezinho.
O menino está dormindo
O menino está dormindo
Nos braços da Virgem pura.
Os anjos lhe 'stão cantando:
Os anjos lhe 'stão cantando:
« Hosana lá nas alturas».
O menino está dormindo
O menino está dormindo
Nos braços de São José,
Os anjos lhe 'stão cantando:
Os anjos lhe 'stão cantando:
« Glória tibi domine».
O menino está dormindo bis
Um sono de amor profundo
Os anjos lhe 'stão cantando:
Os anjos lhe 'stão cantando:
«Viva o salvador do mundo»!

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

e o poema dos poemas de natal...

Twas the Night before Christmas
ou, A Visit from St. Nicholas"
Letra: Clement Clarke Moore, 1822
Música: Frank Henri Klickman, 1951

Twas the night before Christmas, when all through the house
Not a creature was stirring, not even a mouse.
The stockings were hung by the chimney with care,
In hopes that St Nicholas soon would be there.

The children were nestled all snug in their beds,
While visions of sugar-plums danced in their heads.
And mamma in her ‘kerchief, and I in my cap,
Had just settled our brains for a long winter’s nap.



When out on the lawn there arose such a clatter,
I sprang from the bed to see what was the matter.
Away to the window I flew like a flash,
Tore open the shutters and threw up the sash.

~~~~~~~~~

Lista de sites:

http://www.links2love.com/christmas_songs.htm
http://www.catholic.net/christmas_songs/template_channel.phtml?channel_id=17
http://www.cameron.edu/~mikel/christmas/songs.html
http://www.christmas-tree.com/stories/songs.html
http://www.santas.net/songs.htm
http://www.carols.org.uk/
http://www.hymnsandcarolsofchristmas.com/HTML/full_index_of_hymns_and_carols.htm
http://www.navidadlatina.com/musica/welcome.asp

[ Ler Mais ]

The Librarian - Quest for the Spear


"Quando um artigo é roubado da sua biblioteca o bibliotecário parte numa aventura para que assegurar o seu retorno em segurança".
Podia ser uma frase de um diário de bibliotecário mas não, é a base do argumento do filme realizado para televisão em 2004 por Peter Winther intitulado "The Librarian: Quest for the Spear" ou em português "O bibliotecário: em busca da Lança do destino".
Este filme, disponível em DVD é um "filme pipoca", para toda a família. Divertimento, aventura ao estilo de Indiana Jones onde se corre o mundo inteiro em busca de uma lança, a Lança do Destino que trespassou Cristo na cruz. Já estão a ver que a secção da biblioteca onde o herói "Flynn Carsen" trabalha (Biblioteca Pública de Nova York) é mesmo especial, onde se incluem artigos difíceis de catalogar: a "caixa de pandora", a Excalibur, um unicórnio, o Rei Midas, etc.
E pronto, hora e meia agradável, onde os bibliotecários não ficam difamados (mas não é representado o seu trabalho), e até termina com um elogio à profissão de bibliotecário. Já agora fez esta semana anos que Dewey (citado no filme durante a entrevista para bibliotecário) nasceu!
O filme teve sucesso, deu origem a um livro e já está em pré-produção o Librarian 2 ... agora em busca das minas do Rei Salomão.
Citado da contracapa: "To be a librarian, you must master the Dewey Decimal System, ace internet research and, if you're new librarian Flynn Carsen (Noah Wyle), save the world!"
Actores: Noah Wyle, Sonya Walger, Bob Newhart, Kyle MacLachlan , Olympia Dukakis, Jane Curtin e Kelly Hu

[ Ler Mais ]

IdeaStore

IdeaStore é um novo caminho para as bibliotecas, que nos chega de Inglaterra: unir bibliotecas ao ensino para adultos (900 cursos!) e serviços de informação num espaço brilhante e localizado em áreas comerciais.
É um grande investimento municipal em Tower Hamlets no East End de Londres que para além de novos edifícios duplicou o investimento em livros. Tendo sido iniciado o projecto em 2002, foi inaugurada em Setembro deste ano a terceira loja com mais quatro planeadas.
O projecto vem resolver as críticas às tradicionais bibliotecas: localização e tipo de serviços fornecidos.
O que fornecem agora? Biblioteca, aulas para adultos, orientação profissional, creche, cafés, áreas de lazer e arte. Quer um livro? Reserve pela internet e quando for ao hipermercado levante o documento. Lindo... e já está a funcionar!
Uma ideia a seguir com atenção num país como Portugal que ainda está a construir grandes bibliotecas municipais. Vale a pena visitar o site e ler alguns dos textos do projecto:
http://www.ideastore.co.uk/ . E na próxima ida a Londres, coloque no seu roteiro uma visita a uma IdeaStore em Chrisp Street, Whitechapel ou Bow .

[ Ler Mais ]

Escola Digital - Açores

O Diário dos Açores de 15 Novembro noticia o Projecto “Corvo Digital” que vai transformar a ilha do Corvo:

«(...) vai colocar a mais pequena ilha dos Açores, onde residem cerca de 420 habitantes, na dianteira, a nível nacional, no que respeita às condições de conectividade à Internet por banda larga, utilizando tecnologia sem fios. O centro deste projecto, da responsabilidade da Direcção Regional da Ciência e Tecnologia, será a Escola Básica Integrada Mouzinho da Silveira, a cujos alunos e docentes foram hoje distribuídos, a título de empréstimo, 35 computadores portáteis, de um conjunto de 50 unidades, à guarda da biblioteca da escola.Álamo Meneses explicou que este sistema não se destina apenas a ser implementado nos espaços fechados da escola, mas, também, em zonas abertas, em praticamente toda a vila, envolvendo alunos, professores e a população em geral.Graças a este projecto, continuou o governante, a Escola Básica Integrada Mouzinho da Silveira passará a ser uma escola de referência, não só a nível nacional mas também internacional, e terá também, a partir de agora, a maior biblioteca escolar dos Açores.»

Parabéns a quem projectou. É de projectos assim que o país necessita: inovação, ousadia, desenvolvimento, tecnologia, cultura (a ordem é irrelevante!). Reparem em algumas ideias fortes do projecto: biblioteca escolar, acesso sem fios, envolvimento da população, portáteis, transformação da comunidade envolvente.
Bom trabalho a quem vai implementar, tendo já visível consciência da projecção nacional e internacional do projecto. Estaremos todos atentos aos desenvolvimentos e a "torcer" pelo sucesso. Um projecto só é bom quando serve / marca as pessoas a quem se dirige e também se possa replicar em situações e contextos diferentes.

Impossível de chegar a todos? claro! Mas o automóvel é igualmente um recurso que poucos podem ter e não foi por isso que não se construiram estradas! Na educação há que deixar de ser miserabilista e nivelador por baixo. As nossas escolas não podem ser armazéns das 8 às 18.

[ Ler Mais ]